Pular para o conteúdo principal

Postagens

DESTAQUE

Jogos de futebol com público podem não acontecer em 2020

O ótimo humorista Daniel Furlan, em seu canal de Youtube, fez um vídeo daqueles bons para rir em meio ao momento difícil que vivemos. Intitulado "Frases que valem tapa na cara – edição coronavírus", ele fala, em frente à câmera, diversas expressões condenáveis que vêm sendo ditas por aí no tempos de crise sanitária. De devaneios que diminuem a gravidade do assunto, até amenidades fúteis do confinamento, todas as frases recebem um simbólico tapa na cara (de luva!) antes do fim. Uma deles é: "mas como ficam os campeonatos estaduais?"

A piada de Furlan é um resumo simples do básico: em tempos de pandemia, o futebol está longe de ser prioridade. Gastar muita energia pensando na volta do futebol, hoje, é, por consequência, tampar parte da visão para a contenção do coronavírus, e essa partida não merece um segundo de desatenção. A velha máxima, porém, de que o futebol é a coisa mais importante entre as não importantes volta à memória quando vemos, por todo o mundo, jogado…

Anúncios

Postagens recentes

Classificados às quartas de final querem definir Capixabão 2020 em campo

Enquanto alguns clubes e Federações cogitam anular os Estaduais ou encerrar da forma que parou, os classificados às quartas de final do Campeonato Capixaba querem definir a edição 2020 dentro de campo. As competições estão paralisadas por conta da pandemia do novo coronavírus.

Por unanimidade, os representantes dos oito garantidos ao mata-mata do Capixabão deram sinal verde à Federação de Futebol do Espírito Santo (FES). A reunião foi realizada à distância, por vídeo conferência. Nesse cenário, os clubes jogarão no meio e também no fim de semana.

O Estadual deverá voltar assim que os órgãos de saúde do Espírito Santo liberarem. Há ainda a possibilidade dos confrontos acontecerem com os portões fechados. Tudo isso seguirá sendo discutido pelos clubes e pela FES. A próxima reunião será em 20 de abril, também por vídeoconferência.

Líder e 100%, o Vitória irá encarar o Estrela do Norte nas quartas de final. O vice-líder Rio Branco-VN terá a vantagem de decidir em casa contra o São Mateus. O …

Presidente da Uefa não descarta Liga dos Campeões sem público e projeta final para julho ou agosto

A pandemia do coronavírus paralisou campeonatos mundo afora e também deixou o torneio de clubes mais badalado do mundo pendente de uma definição em plena fase de mata-mata. E, para que a Liga dos Campeões não corra o risco de não ser concluída, a Uefa não descarta a possibilidade de realizar mais jogos sem público - inclusive a grande decisão da competição, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk, em Istambul.

"Se a forma de ter futebol é jogar sem torcedores, é assim que vamos jogar", diz presidente da Conmebol
O presidente da confederação, Aleksander Ceferin, deixou claro que a retomada das partidas deve ser prioridade, mesmo que não seja possível contar com os torcedores nas arquibancadas, uma vez que muitos países do mundo devem seguir evitando aglomerações, apesar da provável retomada da circulação das pessoas.

- O futebol não é nem de longe o mesmo sem torcedores. Mas é definitivamente melhor jogar sem torcedores na arquibancada e tê-lo de novo na televisão do que não ter…

Não é só a Globo: TVs de todo o mundo suspendem pagamentos de eventos

Nesta semana, a Globo suspendeu os pagamentos de campeonatos que estão parados por conta da pandemia do novo Coronavírus. Muita gente criticou a atitude da emissora, mas a decisão está seguindo uma tendência mundial de vários grupos de mídia, que também tomaram essa medida.

Segundo levantou o UOL Esporte, a decisão é justamente para reduzir os impactos financeiros da pandemia nas empresas. Todos argumentam que não faz sentido pagar direitos de transmissão de torneios que não estão sendo exibidos ou suspensos.

A decisão mais drástica foi a do DAZN, plataforma de streaming esportiva. A empresa suspendeu os pagamentos de direitos de transmissão em todo o mundo, inclusive em países onde a liga nacional de futebol é exibida.

No Brasil, poucos eventos nacionais sofreram com isso. O principal deles é o Campeonato Paranaense, onde o DAZN paga R$ 380 mil para cada um dos doze clubes que disputam a competição. Os times reclamaram da falta de aviso da suspensão do pagamento.

Na França, a situação ta…

Na Espanha, Ronaldo Fenômeno pede responsabilidade: 'É para ficarmos em casa'

Uma carta com assinaturas de 142 clubes foi enviada à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nesta quarta-feira, pedindo auxílio financeiro. O grupo afirma ser porta-voz de cerca de 250 clubes menores e solicitou R$ 75 mil mensais entre outras providências. Na verdade é muito pouco para uma das confederações mais ricas do mundo.

Além disso, a CBF está com o caixa explodindo, afinal de contas no final do ano passado recebeu a bagatela de US$ 100 milhões (R$ 500 milhões) da Fifa. Este valor é relativo ainda à Copa do Mundo do Brasil, de 2014, e que estava bloqueado devido as investigações em cima de corrupção envolvendo a entidade.

DIFICULDADES DOS CLUBES
Por conta da pandemia do coronavírus, os clubes estão encontrando dificuldades para manter a folha salarial e vêm enfrentando cortes em seus patrocínios. Eles pediram à CBF R$ 75 mil para cada por um período de três meses, no mínimo.

Além disso, pediu isenção de todas as taxas, como as cobradas para inscrições de atletas e rescisões de c…

Mais de 140 clubes enviam carta à CBF e pedem R$ 75 mil por mês

Considerando que os clubes brasileiros têm, antes mesmo das medidas governamentais, sendo parceiros na prevenção e combate ao coronavírus, e consequentemente na preservação da vida e assim permanecerão, adotando medidas baseadas na ciência e seguindo orientação de profissionais de saúde, autoridades governamentais, sanitárias e das entidades de administração do desporto;

Considerando que os clubes signatários desta carta, que disputam os campeonatos estaduais, todos com atividades paralisadas, são responsáveis por mais de 17,5 mil (dezessete mil e quinhentos) postos de trabalho diretos no país; e Considerando, por fim, que em razão da paralisação, todos os signatários deixaram de perceber a maior parte de suas receitas decorrentes de rendas de bilheterias e até de patrocinadores, inviabilizando a atividade dos clubes;

Por estas razões, viemos através desta, requerer o vosso apoio junto a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) conforme reivindicações abaixo:

1 Que seja concedido um apor…

Campista, primeiro atleta no país com Covid-19 se recupera e volta aos treinos

Primeiro atleta em solo brasileiro contaminado pelo novo coronavírus (Covid-19), o campista Maique, pivô do Paulistano, está recuperado e foi liberado pelos médicos a voltar aos treinamentos que vinha realizando em casa, durante a paralisação do Novo Basquete Brasil (NBB). O principal campeonato nacional foi interrompido em função do combate à pandemia de covid-19. Ainda não há previsão de retorno dele às quadras - a competição continua suspensa e será retomada diretamente no mata-mata.

— Isso (volta aos treinos) me deixou feliz, estava com saudades. Tenho com uma rotina de dois períodos por dia. Tive até que mudar a cama de lugar (risos) — conta o jogador de 26 anos, que foi diagnosticado com a covid-19 no último dia 19. "Tive um pouco de dor de cabeça, bastante dor no corpo, resfriado, dor de garganta e comecei a tossir. Cheguei a passar uma noite inteira sem dormir, senti um calafrio muito grande no corpo", relata.

Apesar de recuperado, Maique segue isolado até dentro de ca…

Clubes do Rio de Janeiro decidem pela continuação do Campeonato Carioca

A Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) decidiu que o vencedor do Campeonato Carioca será definido conforme o regulamento, ou seja, não haverá qualquer manobra para eleger quem ficará com o título. A resolução, publicada na noite de ontem (1º) no site da entidade, ocorreu após reunião virtual para decidir o futuro da competição. 

O encontro por videoconferência contou com a presença do presidente da Ferj, Rubens Lopes, e representantes dos 16 clubes que disputam o Estadual, além dos sindicatos dos atletas e treinadores de futebol. O Carioca está suspenso desde o último dia 16, por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Porém, ainda segue sem resposta se o Estadual será disputado simultaneamente com o Campeonato Brasileiro, ou se o torneio prosseguirá em outro período no ano. Desta forma, os dirigentes e entidades de classe se comprometeram a manter diálogo constante com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para que ocorra o ajuste de calendário.

O clubes também c…

Coronavírus: pequenos do Rio buscam solução para 159 atletas em fim de contrato

Os 11 clubes de menor investimento que disputam a Série A do Campeonato Carioca de 2020 têm 159 jogadores em fim de contrato entre o fim de março e começo do mês de abril. Muitos já estão sendo dispensados ou têm no futuro da atual temporada uma incógnita.

A paralisação do calendário esportivo em função da pandemia do novo coronavírus, e a incerteza sobre a data para a finalização do torneio, também deixou a maioria das equipes sem saber se conseguirá honrar os pagamentos.

A maior parcela desses atletas terão seus vínculos vencidos depois do dia 5 de abril, quando as folhas de pagamento são quitadas com o dinheiro dos direitos de transmissão do campeonato, que não será depositado até seu retorno.

Com tal dúvida sobre a volta do Estadual , haveria a necessidade de ampliar os acordos por mais um período, para que sejam disputadas as últimas duas rodadas da Taça Rio, que decidem os finalistas, e os confrontos do "grupo Z", que definem rebaixamento.

Nesse cenário de indefinição, alg…

Futebol em pandemia: O que cada clube já fez em relação a salários de jogadores

Sem sucesso na negociação coletiva, os clubes da elite do Brasil iniciaram abril em situações distintas em relação aos salários de jogadores e funcionários durante a paralisação do futebol. Há quem não mexerá na remuneração, quem ainda tenta acordo e outros que já acertaram uma redução.

As férias coletivas já estão em curso, mas Atlético-MG e Fortaleza foram os que anunciaram um corte mais profundo na própria carne, chegando a até 25%. O time mineiro manteve um piso de R$ 5 mil. Ou seja, quem ganha menos que isso não sofre perdas: 77% dos funcionários, segundo estimativa do presidente Sérgio Sette Câmara. Além disso, o desconto percentual é escalonado. Os 25% atingem o topo da pirâmide.

No Rio, o Flamengo mantém o salário integral de abril e já informou no balanço que, caso a interrupção de jogos dure até três meses, o impacto será “absorvível”, sem representar risco para as finanças do clube.

O Botafogo, que do exercício de 2020 pagou só janeiro, decidiu que não mexerá no salário dos jo…

Liga defende encerramento do Campeonato Belga e quer dar o título ao Brugge

O Campeonato Belga acabou, a tabela de classificação ficará como está, o Brugge será declarado o campeão nacional e um grupo de trabalho vai analisar se há condições para se jogar a final da Copa da Bélgica.

Estas são as recomendações que a direção da Jupiler Pro League, que organiza os torneios no país, aprovou por unanimidade nesta quinta-feira. Agora falta apenas a aprovação da Assembleia-Geral da entidade.

Nesta reunião dos dirigentes, estarão presentes os representantes dos 24 clubes profissionais do país - 16 da Jupiler Pro League (primeira divisão) e oito da Proximus League (segunda divisão). Mas 17 deles já revelaram na semana passada serem a favor do cancelamento da temporada.

INÉDITO
Confirmando a decisão, a Bélgica se tornará o primeiro país na Europa a declarar a conclusão de suas ligas devido à pandemia do novo coronavírus.

A notícia surge um dia após a reunião da Uefa com suas 55 associações para discutirem, pela segunda vez, o futuro das competições.


Nesse encontro, a entidad…