Ministério do Esporte amplia convênio com mais três confederações


No Diário Oficial da União (DOU) da sexta-feira (22) foram publicados três extratos de termos aditivos de convênios firmados entre o Ministério do Esporte e confederações esportivas. Por meio do Plano Brasil Medalhas, os contratos irão beneficiar os atletas da ginástica, do handebol e do tênis de mesa, em preparação para os Jogos Olímpicos.

O primeiro prorroga a vigência do convênio com a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG). Com alteração no plano de trabalho, o novo prazo passa para o dia 30 de setembro de 2016. A parceria garante a preparação dos atletas brasileiros das modalidades artística, rítmica e de trampolim nas aclimatações dos ginastas para competições internacionais como campeonatos mundiais e etapas de Copa do Mundo.

O handebol é outra modalidade atendida. O segundo termo aditivo do convênio com a Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) garante a suplementação de recursos no valor de R$ 1.727.477,46, com contrapartida de R$ 26 mil. O investimento prevê a continuidade do apoio à seleção olímpica masculina permanente.

A parceria com a Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) ganhou um novo prazo, passando para o dia 31 de agosto deste ano, além de ganhar uma suplementação de R$ 1.261.827,00, sendo R$ 20 mil de contrapartida da entidade esportiva. O investimento será aplicado na seleção brasileira de tênis de mesa, para participação em competições internacionais e treinamentos.

Comentários