SÉRIE B: Vasco defende liderança e Bahia os 100% de aproveitamento fora de casa



O Vasco está a três partidas de quebrar a maior invencibilidade de sua história, que aconteceu em 77

Único time invicto no ano nas principais Divisões do Campeonato Brasileiro, o Vasco volta a campo neste sábado, contra o Tupi, em São Januário, pelo complemento da segunda rodada da Série B. Ao todo serão cinco jogos, e que ainda terá o Bahia defendendo os 100% de aproveitamento fora de casa.
Vasco e Tupi jogam às 16 horas, no Rio de Janeiro. O time carioca goleou o Sampaio Corrêa, por 4 a 0, na estreia, e ficou com a liderança isolada do campeonato. São 28 jogos de invencibilidade na temporada. Está a três da maior série invicta de sua história, que aconteceu em 1977. Já o Tupi tenta os primeiros pontos após perder para o Goiás, por 1 a 0, em casa.
O Bahia visita o Paraná, às 16h30, na Vila Capanema, em Curitiba. Na primeira rodada o Bahia venceu o Avaí, por 2 a 1, em Salvador. Enquanto o time paranaense largou mal e perdeu para o Brasil, por 2 a 0, na fria Pelotas.
O Vasco tentará aumentar a invencibilidade na temporada
O Vasco tentará aumentar a invencibilidade na temporada
Quem também busca a primeira vitória é o Ceará, que vai a Alagoas enfrentar o CRB, às 16h30, no Estádio Rei Pelé. Os cearenses vem de empate com o Paysandu, por 2 a 2 - chegou a estar vencendo por 2 a 0. O CRB, animado, quer repetir o feito da estreia, quando venceu o Londrina, por 1 a 0, no interior do Paraná.
O mesmo vale ao Paysandu, que recebe o Oeste, às 16 horas, no Mangueirão, em Belém. O duelo marcará a estreia do técnico Fernando Diniz no time paulista. Diniz foi vice-campeão Paulista pelo Audax, que fez parceria com o time de Itápolis e emprestou comissão técnica e alguns jogadores.
Ainda jogam Avaí e Sampaio Corrêa, às 16 horas, na Ressacada, em Florianópolis. Ambos perderam na estreia e tentarão a reabilitação na tabela. O time maranhense, que demitiu o técnico Petkovic, será dirigido pelo interino Arlindo Maracanã, que se aposentou da carreira profissional na semana passada após a goleada para o Vasco.

Comentários