Com objetivo inicial conquistado, Soriano foca agora em acesso pelo Campos

Antes mesmo da Série B do Campeonato Carioca ter início o treinador do Campos, Rafael Soriano, deixava bem claro que o objetivo principal do Roxinho seria a manutenção no pelotão intermediário do futebol do Rio de Janeiro. Com 23 pontos na classificação geral, o time do Norte Fluminense garantiu a permanência e agora busca surpreender os favoritos na luta pelo acesso.

O Campos lidera o Grupo B da Taça Corcovado de maneira isolada, com 13 pontos. A vaga nas semifinais se torna cada vez mais uma realiadade e Rafael Soriano não foge da responsabilidade. Ele garante que esse passou a ser o desejo de todos no clube, mas evitou qualquer projeção mais detalhada. Humildade é a palavra-chave.

- Nosso objetivo principal era manter o clube na Série B. Agora que alcançamos e temos a oportunidade de classificar, lógico que vamos em busca dessa classificação com muita humildade. Conseguimos recuperar jogadores importantes que estavam doentes e lesionados no primeiro turno e aproveitamos a intertemporada entre um turno e outro para trabalhar em cima de erros que cometemos no primeiro turno - lembrou Soriano, que projeta o próximo jogo, diante do Duque de Caxias.

- O Duque será um adversário difícil. Não tem jogo fácil nessa Série B, ainda mais que eles têm chances de classificar também e ainda precisam pontuar para garantir a permanência do clube. Teremos que manter o foco que estamos apresentando especialmente nesse segundo turno para buscar os três pontos, se Deus quiser.

O Campos enfrenta o Duque de Caxias no sábado (4), no Estádio de Los Larios, às 16h.

Comentários