Magnum admite cobrança da diretoria após goleada sofrida pelo Macaé

Um resultado difícil de explicar. Depois de começar a Série C do Campeonato Brasileiro com uma vitória, o Macaé foi goleado, em pleno Claudio Moacyr de Azevedo pelo Boa Esporte (MG) no último sábado (28), pelo placar de 5 a 1. O meia Magnum, que perdeu um pênalti quando o jogo ainda estava 2 a 1, não escondeu que houve cobranças após o revés.

- Ninguém gosta de perder, ainda mais por 5 a 1 dentro de casa. Houve uma conversa entre o treinador e o grupo, e a diretoria fez cobranças, o que é normal depois de um resultado desses. Vamos focar, ver o que estávamos fazendo de bom para mantermos e o que estávamos fazendo de errado apagar - revelou o jogador.

Magnum garantiu que a goleada sofrida não vai atrapalhar o Macaé para a sequência da Série C, mas afirmou que os erros da partida contra o Boa Esporte não podem se repetir nos próximos confrontos.

- Estamos tranquilos, pois tem muito campeonato pela frente. Nosso grupo é forte e sabemos aonde podemos chegar. Temos jogadores experientes e esse jogo diante do Boa Esporte foi apagado, mas ele tem que servir de exemplo para que não voltemos a cometer os mesmo erros. Ganhamos fora de casa, perdemos dentro, mas ainda temos 16 jogos a fazer - disse.

No próximo sábado (04/06), o Macaé vai encarar o Tombense (MG), no Estádio Antônio Guimarães de Almeida, às 16h.

Comentários