Drama! Vasco perde para o Criciúma e decidirá o acesso na última rodada

O sofrimento não tem fim para o torcedor do Vasco. Com a possibilidade de assegurar o acesso neste sábado, o time perdeu para o Criciúma no estádio Heriberto Hulse (SC) por 1 a 0 e terá que decidir a classificação à Série A na última rodada, quando enfrentará o Ceará no Rio de Janeiro.
Para garantir o retorno à elite do futebol brasileiro pela terceira vez em sua história, bastava ao Cruzmaltino vencer os catarinenses. Porém, jogando mal outra vez, a equipe não conseguiu se impor e transformou a missão num verdadeiro drama.
Antes de 2016, o Cruzmaltino já havia disputado a Série B em 2009, quando foi campeão, e em 2014, onde foi o terceiro colocado.
O que é isso, Diguinho?!
O pênalti que originou o gol do Criciúma foi fruto de uma infração infantil cometida pelo experiente volante Diguinho. A penalidade foi tão incontestável que os jogadores do Vasco sequer reclamaram.
Na trave!
Logo aos seis minutos do primeiro tempo, Andrezinho bateu uma falta no capricho que beijou a trave esquerda do goleiro Luiz. No segundo tempo, foi a vez do zagueiro Rodrigo carimbar no travessão de cabeça.
Entrou e saiu
O atacante Ederson entrou no segundo tempo no lugar de Julio Cesar e ficou apenas três minutos em campo. Ele sentiu uma lesão e precisou ser substituído por Júnior Dutra.
Torcida do Vasco divide
Com o Criciúma já sem maiores ambições, a torcida do Vasco praticamente dividiu o estádio Heriberto Hulse. Vale lembrar que o estado de Santa Catarina possui muitos torcedores cruzmaltinos.

CRICIÚMA 1 X 0 VASCO
Local: Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Hora: 16h30 (Horário de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade (RS)
Renda e público:
Cartões amarelos: Douglas Moreira, Acosta, Barreto, Jheimy, Luiz (CRI); Julio Cesar, Bruno Gallo, Andrezinho, Yago Pikachu, Luan (VAS)
Cartões vermelhos: Luan (VAS)
Gols: Roberto, aos 7 minutos do segundo tempo (CRI)

Criciúma
Luiz; Ricardinho, Raphael Silva, Acosta e Marlon; Nathan, Barreto, Douglas Moreira e Caique Valdívia; Roberto e Jheimy (Bruno Baio)
Técnico: Roberto Cavalo

Vasco
Martín Silva, Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar (Ederson) (Júnior Dutra); Diguinho, Douglas, Bruno Gallo (Yago Pikachu), Andrezinho e Nenê; Thalles
Técnico: Jorginho

Comentários