Willian Bersan marca no fim e Campos vence sua primeira partida na Série A

Exibindo 0X7A3704.JPGSaiu a primeira vitória do Campos na Série A do Campeonato Carioca e ela foi com emoção. Na tarde deste sábado (14) no Estádio Eduardo Guinle, o Roxinho derrotou a Cabofriense por 1 a 0, com o gol saindo aos 42 minutos do segundo tempo, dos pés de Willian Bersan, que chegou a treinar na Portuguesa, mas acertou com o Campos para o Estadual.
 
As duas equipes voltam a campo na próxima quarta (18), às 16h30min. A Cabofriense joga novamente no Eduardo Guinle, desta vez contra o Bonsucesso, e o Campos encara o Nova Iguaçu no Estádio Antônio Ferreira de Medeiros.
 
Campos tem boas oportunidades, mas 0 a 0 não sai do placar
Quem começou o jogo dominando as ações foi o Campos, que chegou com perigo a primeira vez aos nove minutos. Vinicius Paquetá invadiu a área, rolou para Henrique, que encheu o pé, mas a bola explodiu na defesa e morreu pela linha de fundo. Em seguida, foi a vez de Willian Bersan chutar de fora da área e assustar o goleiro George, mas a finalização foi para fora.
 
A Cabofriense não se encontrava no jogo e o Campos pressionava. Aos 19 minutos, Anderson Manga chutou da entrada da área e George fez uma grande defesa, espalmando pela linha de fundo. Após a parada técnica, o jogo caiu em qualidade. O Tricolor Praiano até conseguiu equilibrar a posse de bola, mas não assustava a meta do goleiro Marcos. Sem muitas emoções no fim do primeiro tempo, o jogo chegou ao intervalo com o 0 a 0 no placar.
 
Willian Bersan marca no fim e dá primeira vitória ao Campos na Série A
Sem assustar uma vez na primeira etapa, a Cabofriense conseguiu isso logo com três minutos de segundo tempo. Pedro cobrou falta para a área, Leandro Euzébio subiu livre de marcação, mas cabeceou por cima da meta. Porém, a resposta não demorou. Anderson Manga fez ótima jogada individual, bateu cruzado, mas Willian Bersan não conseguiu chegar de carrinho para finalizar.
 
Logo após a parada técnica, Rafael Pernão fez grande jogada individual, passou por dois marcadores e mesmo sem ângulo, tentou encobrir Marcos, que estava atento e deu um tapa pela linha de fundo. Apesar do jogo movimentado, as duas equipes erravam muitos passes e os goleiros pouco trabalhavam na segunda etapa.
 
Aos 40 minutos, Emerson Bacas assustou em chute da entrada da grande área, mas mandou por cima da meta. Porém, o gol da partida saiu logo em seguida. Em contra-ataque mortal, Anderson Manga arrancou pela direita, tocou para Miguel, que girou em cima da marcação e rolou para Willian Bersan, que dominou e chutou sem chances para o goleiro George, dando a vitória ao Campos.
 
A partida 
Cabofriense 0x1 Campos - Campeonato Carioca, fase preliminar, 2ª rodada - 14/01/2014
 
Estádio Eduardo Guinle (Nova Friburgo-RJ)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda
Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro e Diego Luiz Couto Barcelos
 
Cabofriense: George; Pedro, Douglas Assis, Leandro Euzébio e Leandro; Régis, Diego Silva e Mateus Leandro (Max Silva, depois Rafael Sayão 28’/2ºT) – Intervalo); Rafael Pernão, Sabão (Abner 13’/2ºT) e Max Brendon. Técnico: Júnior Lopes.
 
Campos: Marcos; Leomir, Leandro, Cleiton e Davi; Damião, Henrique, Nélio (Miguel 23’/2ºT) e Willian Bersan (Rafael Neuhaus 44’/2ºT); Vinicius Paquetá (Emerson Bacas 34’/2ºT) e Anderson Manga. Técnico: Rafael Soriano.
 
Cartões amarelos: Douglas Assis e Sabão (CAB); Damião e Nélio (CAM)
 
Cartão vermelho: Emerson Bacas 48’/2ºT (CAM)
 
Gol: Willian Bersan 42'/2ºT (0-1)
 
Público: 346 pagantes (346 presentes) 
Renda: R$ 2.575,00

Comentários