Com direito a prorrogação e muita emoção, Macaé bate Liga Sorocabana fora de casa

Igor Avelino, do MacaéFoi com muita emoção, mas o Macaé Basquete voltou a vencer pelo NBB CAIXA 16/17. Em um jogo equilibradíssimo e com direito a prorrogação, o time do litoral norte-fluminense bateu a LSB/Uniso, por 77 a 73, fora de casa, e segue vivo na briga por uma vaga nos playoffs da competição.
Ainda não: Com o jogo empatado em 59 a 59, a Liga Sorocabana teve a última posse de bola do tempo regulamentar. O time paulista trabalhou a jogada para Rafael Castellon, mas o ala não converteu o arremesso de 3 pontos e a partida caminhou para prorrogação.
Agora sim! Em cinco minutos extremamente intensos, o Macaé Basquete venceu a Liga Sorocabana por 18 a 14 na prorrogação. A jogada decisiva veio de uma falta antidesportiva de Enzo Cafferata, faltando 23 segundos para o final do quarto extra. Com um ponto de frente ali (68 a 67), o Macaé converteu os dois lances livres, teve novamente a bola, sofreu nova falta e abriu duas posses de bola de vantagem. A partir deste momento, as duas equipes passaram a fazer faltas em troca da posse de bola. Com o ótimo aproveitamento na linha do lance livre, os macaenses confirmaram a vitória em Sorocaba (SP).
Põe na conta: Com a vitória macaense, os dois times passaram a ter campanhas iguais no NBB CAIXA 16/17, de quatro resultados positivos e 18 negativos. O Macaé vem a frente da Liga Sorocabana (13º contra 14º colocado), devido ao melhor desempenho nos confrontos diretos da temporada.
O cara: Mais uma vez o baixinho Kendall Anthony roubou a cena. Com apenas sete pontos até o intervalo, o armador norte-americano anotou 20 nos dois quartos seguintes e prorrogação e saiu como cestinha da partida, com 27 pontos, além de três assistências.
Também ajudou: Outra peça fundamental na vitória macaense foi Schneider. Nos quase 33 minutos em que esteve em quadra, o ala converteu quatro bolas 3 pontos e anotou 15 tentos (quarta partida consecutiva com dois dígitos de pontuação).
Tentaram de tudo: Apesar da derrota, a Liga Sorocabana contou com boas atuações individuais. Como de Enzo Cafferata, cestinha e melhor passador do time, com 21 pontos e cinco assistências; Alexandre Paranhos, que chegou ao seu sétimo duplo-duplo na temporada, com 12 tentos e 13 rebotes; e Jefferson Sobral, que contribuiu com 13 pontos e cinco sobras.
E agora? O Macaé só volta as quadras no dia 11 de março (sábado), quando recebe o Banrisul/Caxias do Sul, às 18 horas (de Brasília). Já a Liga Sorocabana tem compromisso no dia 08 de março (quarta-feira), às 20 horas (de Brasília), diante do EC Pinheiros, também dentro de casa.

Comentários