Jiu-jítsu: Copa Sul-Americana reúne atletas em Macaé


No último final de semana, Macaé recebeu mais um grande evento esportivo. A primeira edição da Copa Sul-Americana do Atlântico de Jiu-jítsu reuniu cerca de 500 atletas de todo o país no Tênis Clube. 

A competição foi dividida em várias categorias, desde a pré-mirim (quatro a cinco anos) até a sênior (acima de 50 anos), divididas em disputas com e sem  kimono. "É a primeira vez que acontece em nossa região uma super competição de uma federação internacional, a SJJSAF - Sport Jiu Jitsu South American Federation", destacou Marvel Maillet, um dos organizadores do evento, ao lado de Márcio Vieira, Jouber Schmith, Marcelo Maillet e Alan Machado, secretário de Turismo de Rio das Ostras.
Além dos nomes consagrados, o campeonato também abriu portas para atletas de projetos sociais. Segundo a organização, no ranking geral das academias de Macaé e do país, o primeiro lugar ficou com a equipe Gracie Humaitá, dos irmãos César e Marvel Maillet. Já em segundo e terceiro ficaram as equipes Careca Jiu-jítsu e Lula Jiu-jítsu, respectivamente. Todos receberam troféus e medalhas pela participação.

"O esporte tem a capacidade de motivar o atleta a ir mais além, de superar os próprios limites. Sem dúvidas o jiu-jitsu é um incentivo à educação, à saúde e integração social que precisamos valorizar na nossa cidade", ressaltou Marvel. 

Segundo os organizadores, a segunda edição ainda não tem data, no entanto, eles já seguem nos preparativos. A expectativa é de superar o número de participantes, principalmente de Macaé, na próxima competição. Um dos objetivos é tornar o município reconhecido pelo esporte.
O evento teve apoio do Hotel Ramada, Viana Offshore, Central de Aços, Monta Caixa, JM Art Gráfica, KVRA Store Macaé, IFTeam, Grasiely Cakes Design, Rosa Amarela e Dojoroll Kimonos.