Roy pede inteligência ao time e prevê Goyta agressivo: "Vão ter que se abrir"

Desde quando saiu a tabela da fase preliminar do Campeonato Carioca, onde a Cabofriense descobriu que só jogaria em casa duas vezes, o técnico Antônio Carlos Roy destacou a importância de buscar três pontos longe do Alair Corrêa. E o Tricolor Praiano vê uma boa oportunidade de isso acontecer contra o Goytacaz, que perdeu na primeira rodada. O treinador disse que sua equipe tem que ser inteligente, pois tem certeza que o adversário se lançará ao ataque.

- Sabemos que eles vão ter que se abrir, pois tem que ganhar. O Goytacaz sabe que se não conseguir um bom resultado, a situação deles pode se complicar. Eles precisam ser um time ofensivo. Por isso, temos que ter sabedoria e controlar o jogo, principalmente no começo. Temos que ter cautela e tentar surpreendê-los e matar o jogo nos contra-ataques - ressaltou o comandante do time de Cabo Frio.

Roy pregou respeito ao Goytacaz, disse que espera um Aryzão lotado, mas afirmou que sua equipe vai em busca da vitória e se isso não acontecer, será preciso no mínimo sair com um ponto do jogo.

- Vamos respeitar o Goytacaz, um clube de tradição, que venceu a Segunda Divisão, que sua torcida estará em peso no estádio, mas temos que manter o foco, a humildade, mas buscando a vitória. Se não for possível, não poderemos perder o jogo. Temos que sair com pontos - frisou.

Cabofriense e Goytacaz se enfrentam nesta quinta-feira (28), às 20h, no Estádio Ary de Oliveira e Souza.

Fonte: FutRio

Comentários