America x Cabofriense: Tricolor Praiano a um empate da fase principal do Carioca

A última rodada da Seletiva do Campeonato Carioca acontece neste sábado (13) e o Estádio Giulite Coutinho recebe o duelo de opostos. Às 16h, a líder Cabofriense visita o lanterna America precisando apenas de um empate para se garantir na fase principal do Estadual. Já o Mecão que sua primeira vitória na competição para ir com moral para o Grupo X.

O confronto direto entre as duas equipes é bem equilibrado, mas com vantagem vermelha. Em 27 jogos, foram nove vitórias do America, sete da Cabofriense e 11 empates, com cada um dos times marcando 28 gols nestes duelos.

Mecão quer a primeira vitória
No America, a atuação da última quarta-feira (10), contra o Macaé, pode não ter sido brilhante tecnicamente, mas provou que os jogadores estão focados e não se deixaram abalar com o início ruim, que culminou na ida da equipe para o Grupo X. Uma vitória sobre o líder levará o Mecão com moral para a luta no quadrangular da morte, onde a equipe tentará evitar o rebaixamento.

Mesmo sem chances de classificação e com a equipe já pensando no Grupo X, Anderson Kunzel, que vem ajudando a equipe em várias funções, garantiu que os jogadores vão honrar a camisa do America na última rodada da fase preliminar.

- Vamos sempre dar o nosso melhor. Temos que provar, não para os outros e sim para nós mesmos, a qualidade do nosso futebol. Somos capazes de deixar o America na Série A. Quando você bota a camisa do America a motivação tem que ser grande. Tem muita gente envolvida. Somos exemplos, temos ídolos para as crianças, como Felipe, Marlon... Mesmo não buscando uma classificação temos que entrar em campo e honrar essa camisa - ressaltou o atleta.

Roy pede respeito ao adversário
A Cabofriense está a um passo do paraíso. Um simples empate coloca o Tricolor Praiano na fase principal do Campeonato Carioca. Até mesmo a derrota pode classificar a equipe, desde que Goytacaz ou Macaé tropecem. Até mesmo se as duas equipes vencerem existe a possibilidade do Tsunami de Cabo Frio se classificar, pois seu saldo de gols é bem superior aos dos rivais.

Para a partida, o técnico Antônio Carlos Roy não poderá contar com o zagueiro Leandro Euzébio, suspenso. Apesar de sua equipe ser a líder e o America o lanterna, ele espera uma partida difícil e quer a Cabofriense respeitando o adversário.

- Será mais um jogo difícil. Tínhamos uma conta de que dez pontos classificava e acho que com os dez vamos nos classificar, mas dois clubes podem chegar nessa pontuação. Temos um saldo muito bom e jogamos pelo empate para terminar em primeiro. Passei para os atletas a importância de focar e ter responsabilidade no jogo. O que construímos ao longo da competição não podemos jogar fora por causa de uma partida. Respeitamos o America, a troca de treinador acaba sempre dando uma motivada e eles já fizeram um bom jogo contra o Macaé. Esperamos um duelo muito difícil, mas vamos pra ganhar. Se não der, é sair com um empate que nos dá a classificação - frisou o treinador.

America x Cabofriense - Campeonato Carioca, 5ª rodada da Seletiva - 13/01/2018 às 16h

Estádio Giulite Coutinho (Mesquita-RJ) 
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique 
Assistentes: Michael Correia e Daniel do Espírito Santo Parro

America: Felipe; Belarmino, Lucas Gama, Rafael Morisco e Marlon; Tiago Corrêa, Guaraci, Léo Franco e Léo Rocha; Romarinho e Allan. Técnico: Duílio.

Cabofriense: George; Leomir, Américo, Victor Silva e Airton; Levi, Kaká Mendes, Bruno Tubarão e Davi Ceará; Maranhão e João Carlos. Técnico: Antônio Carlos Roy.

Fonte: FutRio

Comentários