Boavista tenta, mas não segura Inter (RS) e começa com derrota a Copinha

O Boavista até tentou, mas não conseguiu segurar o Internacional (RS) na estreia da Copinha e foi derrotado pelos gaúchos por 2 a 0, na tarde desta quinta (4). Os gols do encontro foram marcados ambos no segundo tempo, com Netto e Brenner. Na etapa inicial, o Boavista esteve perto de marcar com Matheus Storck e Lázaro, mas parou na má pontaria da dupla, em lance que ocorreu quando o jogo ainda estava zerado.

O compromisso foi válido pelo grupo 6 da Copinha. Na sequência da competição o Boavista enfrenta os donos da casa, o time do Osvaldo Cruz (SP). A partida acontece no próximo domingo, às 9h, também no Estádio Brenão.

Boavista tem a melhor chance, mas não tem pontaria
A partida começou revelando, de maneira clara, a proposta das duas equipes. O Internacional tinha mais posse de bola e tentava, através dos lados do campo, chegar ao primeiro gol. Recuado, o Boavista buscava agredir o adversário nos contra-ataques em velocidade. Apesar do panorama, a primeira chance clara foi do Verdão de Saquarema: Matheus Storck e, depois, Lázaro pararam no goleiro Carlos Miguel, em chutes de dentro da área defensiva do Colorado.

Bem postado defensivamente, o Boavista não tomava sustos. Contudo, a melhor chance do Inter veio em uma falha do goleiro Ary, do Verdão. Ele saiu mal do gol e a bola sobrou nos pés de Richard, que não marcou. Depois, Brenner pegou o rebote, sem goleiro, e só conseguiu chutar por cima da meta do Verdão. A pressão do time gaúcho seguiu até o final do primeiro tempo, mas sem oportunidades claras.

Pressão do Inter aumenta e Boavista não segura adversário 
O panorama inicial se manteve no segundo tempo. O Inter com mais posse de bola e um time mais forte ofensivamente, com as mudanças promovidas pelo técnico Fábio Matias. O Boavista conseguia suportar mas, diferentemente do primeiro tempo, não tinha pernas para assustar no ataque. Algo normal na Copinha, muitos atletas do Verdão de Saquarema sentiram problemas musculares com o decorrer do segundo tempo.

Aos 25 minutos, o Inter foi premiado pela força ofensiva. Netto pegou rebote de fora da área e marcou o primeiro. Quatro minutos depois. Brenner recebeu dentro da grande área e ampliou para os gaúchos, encaminhando a vitória. De maneira natural, o Boavista se abriu, buscou o ataque, mas era tarde demais. O Verdão de Saquarema começou com derrota a Copa São Paulo deste ano.

Fonte: FutRio

Comentários