Fiscais flagram falsos profissionais de Educação Física atuando em Itaocara, Miracema e Cardoso


Fiscais do Conselho Regional de Educação Física (CREF1) constataram 18 casos de exercício ilegal da profissão nas regiões Norte e Noroeste do Rio em 2017. Também foram encontradas 70 irregularidades em estabelecimentos.

Segundo o Departamento de Fiscalização (DeFis), Campos foi o município com com maior número de acontecimentos, com cinco flagrantes. Eles ocorreram em circuito, musculação, futebol, ginástica e até Educação Física Escolar.

Em Itaocara foram dois falsos profissionais atuando com musculação, um em Porciúncula e um em Varre Saí. Já em Miracema um falso profissional dava aulas de spinning e em Cardoso um atuava em Condicionamento Físico.

Foram constatadas ainda 70 irregularidades em estabelecimentos da região. Destes, 26 não possuíam registro de Pessoal Jurídica e 26 não possuíam Responsável Técnico nomeado junto ao CREF1.

12 tinham salas desprovidas de profissionais de Educação Física e seis tinham profissionais atuando fora da área de habilitação. Todos os casos de exercício ilegal foram encaminhados ao Ministério Público e os estabelecimentos irregulares estão com processos em andamento no Departamento Jurídico do Conselho.

Comentários