Goytacaz enfrenta o Bonsucesso em Bacaxá sonhando com a fase principal do Carioca

Um sábado com prenúncio de muita tensão, emoções e expectativas para a torcida do Goytacaz quando a bola começar a rolar, a partir de 16 horas, no Estádio Elcyr Resende de Mendonça, em Bacaxá, no jogo decisivo contra o Bonsucesso, pela última rodada da seletiva do Campeonato Estadual da Série A. Além do time da Rua do Gás e seu adversário deste sábado, outras duas equipes (Cabofriense e Macaé) brigam por duas vagas na etapa principal da competição, que reúne os quatro grandes clubes do Rio e começa em 18 de janeiro.

Com sete pontos ganhos, o time alvianil precisa vencer e torcer por um tropeço do Macaé (com a mesma pontuação da equipe campista), no jogo contra o já eliminado Resende, no mesmo horário, no sul do Estado.

O Bonsucesso ainda tem chances. Com seis pontos, depende de uma vitória sobre o Goyta, mas também precisa “secar” o Macaé na partida em Resende e superar a equipe macaense em número de pontos.

Em situação mais confortável, Cabofriense só depende de si contra o já desclassificado América, no Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita. Na liderança do torneio seletivo, com 10 pontos ganhos, basta apenas empatar que chegará a 11 pontos e não será alcançado por nenhum outro concorrente.

Mesmo em caso de derrota, a Cabofriense pode obter a vaga porque possui boa diferença no saldo de gols sobre Macaé e Goytacaz (6/2/0).

Das cinco equipes, América e Resende são as duas que não mais alimentam qualquer chance de conseguir a vaga à próxima fase. Ambos já se preparam para a disputa do Grupo X, que terá ainda mais dois times que ficarão pelo caminho na seletiva e participarão do grupo da morte.

Fonte: Folha da Manhã

Comentários