Botafogo marca no início, administra e vence a segunda na Taça Rio

Sem encantar, mas com certa segurança, o Botafogo venceu a Cabofriense por 1 a 0 na noite deste domingo (25), em confronto válido pela segunda rodada da Taça Rio. Kieza, logo aos sete minutos, marcou o gol solitário da partida realizada no Estádio Nilton Santos.

Com 100% de aproveitamento e seis pontos desde que Alberto Valentim assumiu o comando técnico, o Botafogo ocupa a quarta colocação do Grupo C, igualado com Flu, Portuguesa e Boavista, mas levando a pior nos critérios de desempate. A Cabofriense, por outro lado, segue zerada e igualmente na quarta posição, só que na Chave B.

Na sequência do segundo turno do Estadual o Botafogo tem o clássico contra o Flamengo pela frente. Partida prevista para o sábado (3), mas sem local definido pela Federação de Futebol do Rio (FERJ). A Cabofriense volta a campo no dia seguinte, quando recebe o Macaé, no Correão.

Blitz dá certo e Kieza define no início
O Botafogo começou a mil no Estádio Nilton Santos. Troca de passes envolvente, triangulações e jogadas em velocidade. Combinação que resultou em gol logo aos sete minutos. Moisés acionou Pimpão pela esquerda e o atacante fez cruzamento fechado. A bola saiu baixa, mas Kieza se agachou e testou no contrapé de George: 1 a 0.

O ritmo intenso, no entanto, apresentou queda acentuada na sequência da etapa inicial. O Botafogo pouco finalizou a depois do primeiro gol. Quando fez, não levou perigo. A Cabofriense, do outro lado, até tentava trocar passes, mas apresentava erros básicos que impediam a progressão ao ataque.

Poucas emoções na etapa final
O segundo tempo foi do Botafogo até os 20 minutos. Boas chances foram criadas, mas nem sempre finalizadas, como em dois cruzamentos que quase foram cabeceados por Kieza. Leo Valencia, cortando dois marcadores, também levou perigo em chute de longe. George fez boa defesa, colocando em escanteio.

Após a parada técnica o Alvinegro foi perdendo força. A Cabofriense, consequentemente, passou a atravessar o meio de campo e se aproximar da área de Gatito Fernández, mas com arremates imprecisos. Sem maiores emoções, o placar final ficou mesmo no magro 1 a 0 a favor dos mandantes.

Botafogo 1x0 Cabofriense - Taça Rio, 2ª rodada - 25/02/2018 às 19h30

Estádio Nilton Santos (Rio de Janeiro - RJ)
Árbitro: Diego da Silva Lourenço
Assistentes: Diogo Carvalho Silva e André Roberto Smith Silveira

Botafogo: Gatito Fernández; Marcinho, Marcelo, Igor Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso e João Paulo; Leo Valencia, Rodrigo Pimpão (Luis Ricardo, 29'/2ºT) e Ezequiel (Luiz Fernando, 14'/2ºT); Kieza (Brenner, 38'/2ºT). Técnico: Alberto Valentim.

Cabofriense: George; Wellington Júnior, Lucas Cunha, Leandro Euzébio (Robero Júnior, 31'/1ºT) e Airton; Levi, Kaká Mendes (Rafael Pernão, 27'/2ºT), Gama e Bruno Tubarão; Lauro César (Maranhão, 21'/2ºT) e João Carlos. Técnico: Antônio Carlos Roy.

Cartões amarelos: Leo Valencia e Rodrigo Pimpão (BOT); Bruno Tubarão (CAB)

Gol: Kieza, 7'/1ºT (1-0)

Público: 2.144 pagantes (2.630 presentes)
Renda: R$ 43.420,00

Fonte: FutRio