Atletas de Campos participam da clínica de vôlei com Bernardinho e atletas do Sesc-Rio

Cerca de 240 crianças e adolescentes entre 11 e 17 anos de várias escolas de Campos e dos projetos Grande Sacada e do Paraesporte da Fundação Municipal de Esportes (FME) tiveram a oportunidade de participar de uma clínica de voleibol com o técnico Bernardinho e o time feminino do Sesc-RJ, nesta sexta-feira (27), no quadra do Sesc-Campos. Bernardinho demonstrou muito respeito pela torcida e atendeu a todos posando para fotos e dando autógrafos.
 
- O mundo do esporte é mágico. Até ontem, crianças e adolescentes do nosso projeto Paraesporte falavam que não sabiam o que iriam fazer da vida e que o esporte mudou para melhor vida deles. No último final de semana, 18 desses atletas foram campeões, apesar de 14 terem conquistado a vaga para os Jogos Mundiais das Special Olympics, em Abu Dhabi, onde vão representar o país e a nossa Campos. Hoje, mais uma vez, por meio do esporte, eles estão aqui no Sesc-Campos fazendo fotos com Bernardinho e as atletas do Sesc-Rio, vice-campeãs da Superliga. Cada dia, vejo mais o compromisso do prefeito Rafael Diniz em investir no esporte para poder transformar a vida de milhares de pessoas e esse envolvimento me deixa muito feliz”,  concluiu o presidente da FME, Raphael Thuin
 
Os atletas tiveram a oportunidade jogar com as grandes atletas como a líbero Fabi, que anunciou sua aposentadoria no último domingo (22), durante o jogo que garantiu o título de vice-campeã da Superliga Feminina. “Tenho muitos projetos para 2019 e o vôlei está bem próximo. Inclusive, espero retornar a Campos para ver de perto esse projeto maravilhoso da massificação do esporte em Campos, desenvolvido pelo presidente da Fundação de Esporte, Raphael Thuin”, destacou Fabi.
 
O atleta do Paraesporte, Marcelo Gonçalves, o Fofão, teve a chance de levantar bola com as atletas campeãs do Sesc-Rio, como  Juciely Barreto, Vivian Peleggrine, Kasiely Clemente e Carol Leite. “Estar aqui pertinho desses grandes atletas parece um sonho e, ainda, joguei com eles”, explicou emocionado Fofão, assim como o Kevie da Conceição Ribeiro, que ainda fez fotos com o técnico Bernardinho e a líbero Fabi.

O estudante Breno Santos Lima, 13 anos, ficou emocionado ao chegar perto do técnico Bernardinho e não conteve as lágrimas. “Sou fã dele. Toda minha família é apaixonada pelo vôlei e pelo Bernardinho. Parece um sonho poder abraçá-lo”, concluiu o adolescente, que estuda no Centro Educacional Otília Braga.  
Bernardinho falou da responsabilidade como cidadão brasileiro de ajudar por meio do esporte a construir uma sociedade melhor. “No esporte, o jovem aprende a ter disciplina, responsabilidade e, acima de tudo, entende a importância de estudar, porque entendemos que a educação é a base de tudo e, principalmente, pode transformar uma nação”, concluiu o técnico.  A visita do técnico Bernardinho e do time feminino do Sesc-RJ a Campos faz parte do projeto desenvolvido pelo Sesc para estimular crianças e adolescentes a praticar uma atividade esportiva. 

Comentários