Boa participação de lutadores sanjoanenses em competição no exterior

A adequação, no mês de fevereiro, da lei municipal estendendo a ajuda de custo para participação de atletas de São João da Barra em competições fora do país permitiu aos lutadores de muay thai Gabriel Batista e Miller Andrade voos mais altos na carreira. Em meados de março, eles participaram do Campeonato Mundial Amador da modalidade, em Banguecoque, capital da Tailândia, com o saldo de uma medalha de bronze, conquistada por Gabriel na categoria Pró-AM.

Bicampeão Brasileiro na modalidade e com apenas uma participação em internacional até então, Gabriel Batista, de 21 anos, pratica o esporte desde 2012. Já Miller Andrade, que iniciou no Caratê em 1998, compete no muay thai desde 2011. Ambos treinam na academia Miranda Top Tean, com o professor Sérgio Miranda, e são unânimes em classificar como fundamental o apoio concedido pelo poder público de São João da Barra.
– O custo com passagens, alimentação, transporte e hospedagem nos permite participar desse tipo de competição. Não fosse esse apoio do nosso município, seria inviável a viagem a um país distante para competir em um mundial, com atletas de diferentes nacionalidades e de grande potencial – destaca Gabriel.

Para a prefeita Carla Machado, a implantação da política de apoio aos atletas, implantada no início de 2017 com o cadastro de modalidades individuais, tem como base a grande vocação do município para o esporte e visa ampliar os horizontes dos competidores em termos de competições, sejam elas no Brasil ou no exterior.

– O apoio ao esporte é também um investimento no cidadão, e é preciso valorizar os talentos locais e proporcionar a eles oportunidades de prosseguir na carreira, que envolve anos de dedicação. A participação em competições de alto nível, seja no Brasil ou no exterior, viabilizada pelo poder público municipal, é uma forma de incentivar esses atletas a seguir em frente. Enquanto, Executivo, estendemos o custeio a competições internacionais e os resultados já aparecem   – destacou a prefeita Carla Machado.

Miller Andrade afirmou que, em conversa com outros competidores brasileiros durante o Mundial da Tailândia, teve a certeza que o apoio de um município é algo raro. “A maioria dos atletas se mostrou surpresa ao saber que tínhamos o apoio da Prefeitura de nosso município para um campeonato de tamanha importância. Ressaltei que, sem ele, não teria condições de participar”, disse Miller, que juntamente com Gabriel Batista, foi recebido na última terça-feira pelo secretário municipal de Turismo, Esporte e Lazer, Edivaldo Machado, e pelo coordenador geral de Esportes, João Paulo Almeida.

Comentários