Macaé Basquete vence o Brasília Búfalos no quarto extra e segue boa campanha

A imagem pode conter: 3 pessoas, campo de beisebol
Em grande fase, o Macaé Basquete conquistou um emocionante resultado na noite desta segunda-feira na Liga Ouro 2018. Ao lado de seu torcedor, no Ginásio Juquinha, a equipe do técnico Léo Costa levou a melhor sobre o BRBCARD/Brasília Búfalos na prorrogação, por 78 a 69, e somou seu terceiro triunfo seguido na competição.

Nate “on fire” Barnes: O ótimo momento do Macaé na Liga Ouro tem nome e sobrenome. Nate Barnes. Em uma excelente sequência de grandes atuações, o armador norte-americano foi “o cara” novamente e registrou seu recorde pessoal na competição, com 32 pontos (6/11 nas bolas de 3 pontos). Com isso, o jogador soma incrível média de 25,5 pontos nas últimas quatro partidas, três delas vencidas pelo time macaense.

Os eficientes: Apesar dos 32 pontos, Nate Barnes não foi o atleta mais eficiente da partida (somou 25) e nem do Macaé. Com 19 pontos, sete rebotes, três assistências e três roubos de bola, o ala/pivô Rafa Oliveira somou 26 de valorização, enquanto seu companheiro de garrafão, o jovem pivô João Victor Mamedes, registrou um duplo-duplo de 12 pontos e 12 rebotes, além de quatro assistências e três tocos, e totalizou 27 de eficiência.

Só no tempo extra: O Macaé ficou em vantagem no placar desde a segunda metade do primeiro quarto, em que chegou a ter uma vantagem de 14 pontos. No entanto, o Brasília reagiu nos minutos finais do quarto período, contou com aparição decisiva do armador Bruno Felipe e empatou o jogo restando 9 segundos para o fim (62 a 62). Já na prorrogação, os donos da casa foram dominantes, venceram por 16 a 7 (sete pontos de Barnes) e saíram de quadra com a emocionante vitória.

Põe na conta: Com três vitórias consecutivas, o Macaé ultrapassou o Brasília Búfalos na classificação e agora está em quinto na Liga Ouro, com campanha de sete triunfos e seis derrotas (53,8% de aproveitamento), a mesma dos candangos, que levam a pior no desempate pelo saldo de cestas das partidas entre eles.

Lutaram muito: Pelo lado do Brasília, que por pouco não conquistou a vitória em solo macaense, os destaques ficaram por conta do ala norte-americano Wes Russell, autor de 15 pontos, mesma marca do pivô Daniel Alemão, que ainda apanhou oito rebotes e foi o atleta mais eficiente da equipe, com 18 de valorização.

E agora: Na próxima semana, o Macaé terá dois compromissos em Santa Catarina, contra Brusque e Blumenau, nos dias 01 e 03 de maio, respectivamente. Já o Macaé Basquete irá a São Paulo medir forças com os dois primeiros colocados da Liga Ouro, Corinthians e São José Basketball, nos respectivos dias 03 e 05 de maio.





Comentários