Americano se recupera, bate o Uberlândia (MG) e está vivo na Série D

O Americano mostrou, neste domingo (13), que está vivo na Série D do Campeonato Brasileiro. A equipe campista derrotou o Uberlândia (MG), fora de casa, pelo placar de 3 a 2, recuperando-se da derrota em casa na rodada passada para o próprio time mineiro. Mesmo sob grande pressão no final do jogo, o Glorioso conseguiu se segurar e ganhou a primeira na competição nacional. Os gols foram de Marquinhos (duas vezes) e Fernando.

Com o triunfo, o Alvinegro chega a cinco pontos ganhos no Grupo A13 da Série D, dois atrás do próprio Uberlândia, que é o líder, e um a menos que o Novorizontino (SP), segundo colocado. O Americano volta a campo no próximo sábado, quando enfrenta o Atlético Itapemirim (ES) no Moacyrzão.

O Americano começou o jogo pressionado e necessitando da vitória. A primeira chance do jogo, fechado nos primeiros 20 minutos de jogo, foi do Uberlândia, quando Tito recebeu bola na esquerda, mas escorregou após tentar driblar Espinho. Pouco depois, o Americano atacou: Sanderson cruzou e a bola pegou na mão de Edmário. Pênalti, que Marquinhos bateu bem para fazer 1 a 0.

Mesmo com o placar favorável, o Americano não saiu do ataque. Aos 26, Marquinhos chutou de longe e quase aumentou. O Uberlândia passou a pressionar a partir daí e chegou em finalizações de Aírton, defendida por Luis Henrique, e Tito, que foi para fora. O Verdão ainda reclamou de pênalti aos 30 minutos, após Arilson cair na área, mas o juiz catarinense nada marcou, mesmo com todos os protestos.

Mais Americano aos 43: Cláudio Maradona fez boa jogada e rolou para Ramon dentro da área. O zagueiro chutou, mas Edmário salvou na hora certa. O Uberlândia teve uma última chance no primeiro tempo através de Aírton, que bateu para defesa de Luis Henrique, sem problemas.

No segundo tempo, o jogo se mostrou aberto desde o começo. Logo aos três minutos, Maikon Aquino recebeu bola na área e chutou para fora, perdendo boa chance. Resposta mineira: Diogo Peixoto, que entrou no intervalo e foi o homem mais perigoso dos donos da casa no jogo, chutou para outra defesa de Luis Henrique. O alívio campista pareceu ter chegado aos seis minutos, quando Edmário fez outro pênalti, agora derrubando Fernando. De novo, Marquinhos batu e fez 2 a 0.

O Uberlândia foi para o tudo ou nada. Com Matheus Pimenta, ex-Bangu e Bonsucesso, os mineiros tiveram uma chance de gol e marcaram na ocasião seguinte, aos dez minutos. Após um grande bate-rebate, Diogo Peixoto chutou e a bola sobrou para o atacante, que tocou de bico, sem chances para Luis Henrique. O que poderia ser uma "blitz" dos anfitriões só deixou o jogo mais aberto. Maikon Aquino quase fez o terceiro, mas seu bom chute parou nas mãos do goleiro Roni Turola.

Aos 15, o Americano conseguiu aproveitar uma bobeada da defesa mineira para fazer 3 a 1. Fernando recebeu bola longa, nas costas da zaga, invadiu a área e chutou com muita categoria, na saída de Roni Turola. A vantagem novamente ampla do Americano não foi, porém, razão para tranquilidade, já que o Uberlândia não parava de atacar e criar boas oportunidades de gol.

Após tanto insistir, Edmário se redimiu dos erros cometidos anteriormente e marcou o seu gol. Ewerton Maradona acertou um voleio na trave, mas o zagueiro aproveitou para disparar para o gol e, novamente, diminuir o placar. O empate só não aconteceu logo na sequência porque Luis Henrique fez bela defesa após chute de Diogo Peixoto. Deivisson teve outra oportunidade aos 34, mas seu chute foi travado por Admilton, que salvou na hora certa.

A pressão do Uberlândia nos minutos finais deixou o Americano em maus lençois. Matheus Pimenta chutou por cima, perdendo boa chance. Aos 39, a jogada mais polêmica da partida, quando Deivisson escorou lançamento na área e chutou para fazer o gol, mas arbitragem deu falta de ataque e anulou o gol. A última chance foi aos 45, quando Diogo Peixoto chutou por cima. Só depois de sete minutos de acréscimo é que o Americano respirou aliviado e garantiu sua primeira vitória na temporada.

Uberlândia (MG) 2x3 Americano - Campeonato Brasileiro Série D, Grupo A13, 4ª rodada - 13/5/2018 às 16h

Estádio Parque do Sabiá (Uberlândia - MG)
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
Assistentes: Johnny Barros de Oliveira (SC) e Eder Alexandre (SC)

Uberlândia: Roni Turola; Carlinhos, Edmário, Rogério e Aírton; João Paulo, Arilson (Matheus Pimenta - intervalo), Ewerton Maradona e Jarlan (Deivison 28'/2ºT); Tito (Diogo Peixoto - intervalo) e Tiago Amaral. Técnico: Felipe Surian.

Americano: Luís Henrique; Admilton, Espinho e Ramon; Sanderson, Vandinho, Marquinhos, Fernando (Paulo Vitor 28'/2ºT) e Rafinha; Maikon Aquino (George 28'/2ºT) e Cláudio Maradona (Luan 33'/2ºT). Técnico: Josué Teixeira.

Cartões amarelos: Edmário, Rogério (UBE); Cláudio Maradona (ANO)

Gols: Marquinhos (pênalti), 24'/1ºT (0-1); Marquinhos (pênalti) 7'/2ºT (0-2); Matheus Pimenta 10'/2ºT (1-2); Fernando 16'/2ºT (1-3); Edmário 21'/2ºT (2-3)

CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE D

JOGOS DO GRUPO A 13

(4ª RODADA)

Sábado, 12 de Maio de 2018
ATLETICO - ES 0X0 NOVORIZONTINO - SP (José Olivio Soares) - Itapemirim/ES

Domingo, 13 de Maio de 2018
UBERLÂNDIA - MG 2X3 AMERICANO - RJ (Parque do Sabiá) - Uberlandia/MG

CLASSIFICAÇÃO 
1 Uberlândia-MG 7 
2 Novorizontino-SP 6 
3 Americano-RJ 5 
4 Atlético-ES 2   

Fonte: FutRio