Gols no fim das partidas é fruto de comportamento tático, diz Pipico

O ataque do Macaé tem sido um dos grandes responsáveis pela boa campanha do clube na primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro. Foram marcados nove gols em quatro jogos, mas a equipe tem uma especialidade: matar os adversários nos minutos finais. Isso porque o Alvianil Praiano já fez gols em três oportunidades após os 40 minutos do segundo tempo, sem contar o primeiro duelo contra o Espírito Santo, que o Leão do Norte Fluminense fez um gol aos 51 minutos da primeira etapa. Mas para o atacante Pipico isso não é por acaso e sim fruto de uma organização tática durante os 90 minutos.

- Estamos fazendo gols no final das partidas e isso mostra uma equipe bem formada taticamente dentro de campo os 90 minutos. Procuramos aproveitar as oportunidades durante todo jogo, mas os gols estão saindo no final, e o mais importante são as vitórias - afirmou o jogador.

Um empate no próximo jogo contra o Espírito Santo garante matematicamente o Macaé na próxima fase da Série D do Campeonato Brasileiro.

- Vamos ao Espírito Santo vencer o jogo. Claro que o empate é bom, nos classifica, mas não podemos mudar o nosso esquema de jogo. Vamos em busca da vitória sempre, independente do que oferece a partida. Não podemos abrir mão do ataque, pois se vencermos nos classificaremos da mesma forma se empatarmos - finalizou.

No sábado (19), o Macaé vai até o Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, enfrentar o Espírito Santo, às 17h.

Fonte: FutRio

Comentários