"Os 21 canarinhos": jogadores de Campos que foram convocados para a Seleção, hoje é a vez de Edevaldo


Faltando 32 dias para a Copa do Mundo, o site GF ESPORTE já entrou no clima, e continua apresentando durante 21 dias a série "OS 21 CANARINHOS" que traz os 21 jogadores que nasceram em Campos dos Goytacazes ou começaram aqui suas trajetórias vitoriosas, e foram convocados para a seleção brasileira. No décimo segundo dia da série iremos falar de Edevaldo, que jogou pela seleção em 1982.
Pouca gente se recorda, mas Edevaldo de Freitas, o Edevaldo, fez parte da famosa seleção brasileira que encantou o mundo em 1982 e foi eliminada pela Itália, de Paolo Rossi, na inesquecível Batalha do Sarriá.

O ex-lateral-direito do Vasco da Gama, Fluminense (começou, inclusive, nas categorias de base do Tricolor) e Internacional de Porto Alegre foi reserva do ótimo Leandro, do Flamengo, no Mundial da Espanha.

Além de Edevaldo, alguns dos outros reservas do time de Telê em 82 eram os goleiros Paulo Sérgio e Carlos, o zagueiro Juninho, o meia Renato, o volante Batista e Roberto Dinamite.
Com a camisa canarinho, Edevaldo fez 18 jogos, 13 vitórias, quatro empates e uma derrota. Marcou apenas um gol pela seleção e ele foi justamente contra a nossa maior rival: a Argentina, no dia 2 de janeiro de 1981.

Em 1986, pelo Botafogo de Ribeirão Preto, atuou ao lado de Gasperin, Raí, Mário Sérgio e Marco Antonio Boiadeiro, entre outros.

Atualmente Edevaldo mora em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, onde é dono de escolinha de futebol.

Edevaldo de Freitas nasceu em Campos dos Goytacazes, 28 de janeiro de 1958, atuava como lateral-direito. Dada a sua grande resistência física, foi apelidado de Edevaldo Cavalo.
Carreira
Edevaldo disputou dezoito jogos pela Seleção Brasileira, com 13 vitórias, 4 empates e 1 derrota, tendo feito um gol em sua terceira partida, no empate contra a Argentina por 1 a 1, no dia 2 de janeiro de 1981, e disputado a Copa do Mundo de 1982 e o Mundialito de Seleções disputado no Uruguai em 1981, considerando apenas as competições oficiais.

Começou nas categorias de base do Fluminense, clube que o projetou para o futebol e pelo qual foi campeão carioca em 1980, tendo jogado entre novembro de 1977 e o final do ano de 1981, disputando 197 jogos, com 100 vitórias, 56 empates e 41 derrotas, marcando 4 gols.

Como atleta do Internacional, venceu o Troféu Joan Gamper de 1982 e participou da Copa do Mundo do mesmo ano pela Seleção Brasileira como reserva de Leandro.

Pelo Vasco, foi vice-campeão brasileiro de 1984, perdendo a final para o Fluminense.
Depois de encerrar sua carreira, abriu uma escolinha de futebol em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Jogou, entre outros clubes, no modesto Barra de Teresópolis, Jacarepaguá e Portuguesa-RJ. Com o Fluminense em 2013 conquistou o título de campeão carioca sobre o rival Flamengo vencendo a primeira partida por 3 a 0 e a segunda apenas perdendo por um gol.

Títulos
Fluminense
Campeonato Carioca: 1980
Primeiro Turno do Campeonato Carioca: 1980
Taça Robinwood (Suriname): 1981 (Robin Hood - versus Fluminense)
Taça João Havelange: 1981 (Fluminense versus River Plate-Argentina)
Taça Prefeito José Fernandes - (Nacional-AM versus Fluminense): 1979
Troféu Rádio Globo (Fluminense versus Vasco): 1980
Taça CND 40 anos (Fluminense versus Vasco): 1981

Como técnico
Campeonato Carioca: 2013 (Categorias de Base)

Internacional
Troféu Joan Gamper: 1982

FC Porto
Campeonato Português: 1985-86

Mesquita
Campeonato Carioca: 1996

VEJA OS CANARINHOS CAMPISTAS JÁ APRESENTADOS
*Policarpo Ribeiro (Poli)
*João Carlos Batista Pinheiro (Pinheiro)
*Valdir Pereira (Didi, Folha Seca)
*Amarildo Tavares da Silveira (Possesso)
*Mário Seixas
*Tite Vieira
*Jarbas Batista (Flecha Negra)
*Manuel Pessanha (Lelé)
*Hélvio Piteira
*Amaro da Silveira
*Paulinho de Almeida

AMANHÃ A SÉRIE "21 CANARINHOS" IRÁ DESTACAR: SODA, QUE JOGOU NA SELEÇÃO EM 1923, ATÉ LÁ....

Comentários