Preparador de goleiros em 2017, Gláucio volta a ser jogador pelo Campos

Gláucio, de 33 anos, já estava afastado do futebol profissional. No ano passado, ele foi chamado para ser preparador de goleiros do Campos, equipe de sua região, onde já tinha defendido clubes como Goytacaz, Paduano e São João da Barra. Um ano depois de conquistar o vice-campeonato da Quartona e o acesso para a Série B2, ele estará de novo no Roxinho, mas em uma função diferente: como jogador.

O goleiro tem uma carreira de relevo no futebol do Norte Fluminense. Revelado no Goyta, rodou por diversas equipes do interior do Estado. Em 2012, viveu seu ponto mais alto ao conquistar o título de campeão da Terceirona, pelo Paduano, além de ser eleito o melhor arqueiro do campeonato na Seleção FutRio. Depois, defendeu equipes como Serra Macaense e São Gonçalo EC.

– Estava esse tempo todo fora das quatro linhas, mas presente no futebol fora de campo. E veio o convite do presidente Márcio Reinaldo para defender as cores do Roxinho na B2, o que aceitei. É mais um desafio na minha carreira e espero realizar um bom campeonato, junto com meus companheiros de time – garante Gláucio.

Gláucio estava afastado futebol desde 2015, quando atuou pelo Goytacaz, na segunda divisão. Se conquistou um troféu da Seleção individualmente, ele pode se orgulhar em ter tido participação direta em outra premiação: no ano passado, ele foi preparador de goleiros do Campos e trabalhou diretamente com Wallef, goleiro que foi eleito o melhor da Quartona e que hoje está atuando pelo Castelo (ES).


A estreia do Campos na Terceirona, competição à qual volta depois de três anos, acontece no dia 27, contra o 7 de Abril.

Fonte: FutRio

Comentários