Americano derrota America com dois de Maikon Aquino e entra no G-2

image
No clássico que envolveu dois gigantes do futebol do Rio de Janeiro neste sábado (16) de Série B1, deu Americano. O Glorioso bateu o America por 3 a 1, em pleno Estádio Giulite Coutinho. Bruno Vianna e Maikon Aquino (este por duas vezes) marcaram, com Felipe Pará descontando.

O resultado positivo leva o Americano aos 13 pontos, na vice-liderança do Grupo A, dentro do G-2 que dá vaga nas semifinais de turno. O Mecão, por sua vez, cai para o terceiro lugar, com 11 pontos. Na sequência da Segundona, o Alvinegro receberá o Barcelona, na quarta (20), no Ângelo de Carvalho. No mesmo dia, o America visita o Barra da Tijuca, no Aniceto Moscoso.

Contra-ataques precisos marcam primeiro tempo
A etapa inicial foi de muita disputa, mas sem inspiração. As duas equipes erraram demais e pouco incomodaram os goleiros até a parada técnica. Na sequência, uma leve melhora foi observada, mas nada que aproximasse America ou Americano do primeiro gol na partida.

Aos 37 minutos, o Cano conseguiu emplacar contra-ataque e marcou. George lançou Cláudio Maradona, que chutou. A defesa afastou em cima da linha, mas Bruno Vianna demonstrou oportunismo para fazer 1 a 0. A resposta veio aos 43. Felipe Pará aproveitou erro de Marquinhos em cobrança de falta e saiu em velocidade para fazer 1 a 1. Os campistas pediram impedimento.
image
Maikon Aquino brilha e decide outra vez
Na etapa complementar o gol não tardou a sair. E foi o Americano que voltou à frente do placar. Marquinhos cobrou falta e Maikon Aquino resvalou de cabeça, fazendo 2 a 1 logo aos cinco minutos. Resultou que colocou pressão nos donos da casa. Luisinho Lemos respondeu colocando Renato e William Chrispim. Pouco surtiu efeito.

A partida seguiu tensa e sem muitas chances. O Americano, por sua vez, melhorou com a mudaça de esquema. Josué Teixeira colocou o zagueiro Ramon, formando um trio defensivo e soltando os alas. George, em finalização perigosa, quase marcou o terceiro dos campistas. Pelo rubros, Carlos Alberto tentou de cabeça. Luis Henrique defendeu em dois tempos.

Na reta final, a melhor postura do Americano foi premiada. O America errou saída de bola, Valdir recuperou a posse e serviu Maikon Aquino, que fez o terceiro do Glorioso, segundo dele, agora artilheiro isolado da Segundona, com seis gols. Depois disso, com os donos da casa abatidos, coube ao Alvinegro administrar a vantagem e confirmar o triunfo.

America 1x3 Americano - Taça Santos Dumont, 6ª rodada - 16/6/2018 às 15h
Estádio Giulite Coutinho (Mesquita - RJ)
Árbitro: Daniel Victor Costa Silva
Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Anderson Soares Zanetti de Moura

America: Rafael; Wesley, Bruno Santos, Carlos Alberto e Quaresma; Anderson Künzel, Araruama, Felipe Pará (Tiago Corrêa, 36'/2ºT) e Moisés (Renato, 14'/2ºT); Raphael Carioca e Daniel (William Chrispim, 14'/2ºT). Técnico: Luisinho Lemos.

Americano: Luis Henrique; Sanderson, Admilton, Kadu e Rafinha; Vandinho, Marquinhos, Bruno Vianna (Ramon, 21'/2ºT) e George (Valdir, 30'/2ºT); Maikon Aquino e Cláudio Maradona (Luan, 13'/2ºT). Técnico: Josué Teixeira.

Cartões amarelos: Carlos Alberto e William Chrispim (AME); Admilton (ANO)

Gols: Bruno Vianna, 37'/1ºT (0-1); Felipe Pará, 43'/2ºT (1-1); Maikon Aquino, 5'/2ºT (1-2); Maikon Aquino, 34'/2ºT (1-3)

Público: 224 pagantes (374 presentes)
Renda: R$ 3.220,00

Fonte: FutRio