Cobrada pela crítica, França precisa jogar bem para passar pelo Peru, que está em apuros


Pela segunda rodada do Grupo C da Copa do Mundo da Rússia, na cidade de Ecaterimburgo, às 12h desta quinta-feira (21), a França pode praticamente carimbar a sua vaga nas oitavas de final. Basta vencer. Já o Peru precisa dos três pontos para se manter vivo na disputa. O grande rival na corrida pela segunda vaga da chave é a Dinamarca, que saiu na frente ao vencer na estreia.

FRANÇA
Em débito. É assim que a França está, não só com o seu torcedor, mas, com todos os fãs de futebol. Apesar da vitória de 2 a 1 sobre a Austrália, na estreia, os franceses não tiveram um grande desempenho. Estamos falando de uma das seleções favoritas para ficar com o tão sonhado título no dia 15 de julho, em Moscou.

O treinador Didier Deschamps sabe que ele e os seus comandados deixaram a desejar no sábado passado. Pode ser que tenhamos mudanças no meio de campo e no ataque dos Le Bleus. Giroud e Matuidi podem entrar na formação titular contra os sul-americanos. Caso isto realmente aconteça, Tolisso e Dembele, que foram muito abaixo tecnicamente contra os Socceroos, vão esquentar o banco de reservas.

Quem também está sendo bastante cobrado e precisa dar uma resposta dentro das quatro linhas é o meio-campista Paul Pogba. Na partida passada, o atleta do Manchester United errou muitos passes. Bom, vamos ver como a França se portará nesta semana.

PERU
Com a corda no pescoço, os peruanos vão entrar em campo desde o primeiro minuto buscando jogar o duelo como se fosse o último da vida. Foram 36 anos de espera até o retorno ao Mundial. Seria frustrante uma despedida assim tão rápida, ainda mais pela festa que os torcedores estão fazendo nas ruas russas.

Quem viu a derrota de 1 a 0 para a Dinamarca, viu os representantes da América do Sul fazendo uma partida bem interessante, partindo para cima do adversário com muita intensidade e velocidade. Só que ninguém contava com o pênalti perdido pelo meio-campo do São Paulo, Christian Cueva, quando o placar ainda estava em 0 a 0.

A grande novidade do Peru é que o atacante Peru, que começou no banco contra os nórdicos, agora deve ser titular. Na entrevista coletiva, o lateral Luís Advíncula afirmou que vencer a França não é impossível.

RETROSPECTO DE FRANÇA X PERU
Apenas uma partida foi realizada ao longa da história entre franceses e peruanos. Este encontro aconteceu em um amistoso no dia 27 de abril de 1982. Faz tempo, hein! Na ocasião, o Peru conseguiu vencer pelo placar de 1 a 0 dentro do Parque dos Príncipes, casa do Paris Saint-Germain (PSG) na Cidade Luz, com gol de Juan Carlos Oblitas.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES
Tirando o fato de que Guerrero deve ser titular no segundo jogo da Copa, creio que possivelmente no lugar de Flores, outra alteração deve ser a saída de Renato Tapia. O meio-campo sofreu uma forte pancada na cabeça diante da Dinamarca, tanto que não lembra de nada do ocorrido. Ele é dúvida para o jogo. Caso não entre em campo, Pedro Aquino ficará com a vaga novamente. Na França, as alterações devem ser as que falamos anteriormente, com as entradas de Matuidi e Giroud.

França: Lloris; Pavard, Varane, Umtiti e Lucas Hernandez; Matuidi, Kanté e Pogba; Mbappé, Griezmann e Giroud.

Peru: Gallese; Advíncula, Rodriguez, Ramos e Trauco; Tapia (ou Aquino) e Yotun; Carrillo, Cueva e Guerrero; Farfan.

Comentários