GF ESPORTE NA COPA: Tite confirma Neymar como titular no amistoso diante da Áustria

Neymar - Brasil x Croácia
O técnico Tite confirmou nesta quinta-feira a presença de Neymar entre os titulares da Seleção Brasileira no amistoso diante da Áustria, às 11h (de Brasília) do próximo domingo. O camisa 10 entra na vaga de Fernandinho.

Com a opção de Neymar entre os titulares, Tite volta à escalação que considera ideal, com o camisa 10 aberto pela esquerda, Willian pela direita e Philippe Coutinho centralizado, fazendo a armação das jogadas. Contra a Croácia, a Seleção sentiu falta de um autêntico camisa 10, uma vez que o meia do Barcelona atuou deslocado pelo lado do campo.

Neymar não entra como titular desde o dia 25 de fevereiro. Na ocasião, o PSG encarou o Olympique de Marselha, no fatídico dia da fratura no pé esquerdo. O operação foi realizada em Belo Horizonte no dia 3 de março. 

A Seleção deve ir a campo com: Alisson, Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho, Philippe Coutinho, Willian e Neymar; Gabriel Jesus. 

O camisa 10 não deve atuar os 90 minutos, mas a sua volta ao time titular faz parte do planejamento traçado pela comissão técnica de recuperá-lo técnica e fisicamente. Contra a Croácia, no último domingo, Neymar voltou a atuar exatamente três meses após a cirurgia, mas entrou no intervalo da vitória por 2 a 0. O jogador do PSG abriu o placar após jogada individual.

Nos 20 minutos abertos à imprensa, Willian marcou um lindo gol e Casemiro deu forte entrada em Fred. O agora meia do Manchester United levou pancada no tornozelo direito e ficou caído. Não demorou para se levantar, mas voltou a sentir dores e deixou o treino mancando para receber atendimento. Renato Augusto foi a campo pelo segundo dia seguido para trabalhar a parte física com o fisioterapeuta Bruno Mazziotti.

Nesta sexta-feira, a Seleção volta a treinar no CT do Tottenham, em Londres, antes do embarque para Viena, onde realizará o amistoso contra a Áustria, no próximo domingo. Será o último amistoso antes da estreia na Copa do Mundo, no dia 17 de junho, contra a Suíça, em Rostov-on-Don.

Comentários