Goleiro falha e Modric ofusca Messi: Argentina leva passeio da Croácia

Argentina x Croácia
A Croácia teve ótima atuação coletiva e ainda contou com uma falha grosseira do goleiro Caballero, com a falta de inspiração de Messi e com o ótimo futebol de Modric para vencer a Argentina por 3 a 0 em Nizhny Novgorod e garantir vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo com uma rodada de antecipação.

A Argentina ainda não está eliminada, mas não dependerá apenas de suas forças na terceira rodada do Grupo D, quando enfrentará a Nigéria. As contas a serem feitas vão depender do resultado de Islândia x Nigéria, às 12h desta sexta. Para os hermanos, o mais interessante seria uma vitória africana. Os croatas lideram a chave com seis pontos, enquanto Argentina e Islândia têm um e a Nigéria ainda está zerada. 

A atuação dos comandados de Jorge Sampaoli - e do próprio técnico - foi um desastre completo. Ele montou o 13º time diferente em 13 jogos à frente da seleção argentina. A ideia da formação com três zagueiros (Mercado, Otamendi e Tagliafico) era liberar os alas (Salvio e Acuña) para pressionar a saída de bola croata e dar mais companhia a Lionel Messi.

Deu certo por um lado, já que a melhor oportunidade dos hermanos no primeiro tempo surgiu justamente do avanço de Acuña pela esquerda - a finalização de Enzo Pérez, sem goleiro, para fora, possivelmente ainda vai atormentá-lo por muitos anos. O problema é que o time não criou muito mais do que isso. Messi? Desaparecido...

A estratégia de Zlatko Dalic, técnico croata, era muito mais eficiente: jogar no erro dos argentinos. Aliás, qualquer seleção que se proponha a aproveitar erros da equipe dirigida por Sampaoli tem grandes chances de se dar bem. São muitos... O passe errado de Caballero foi só o mais grosseiro e fatal deles, já que abriu caminho para o triunfo adversário, mas não o único.

A Argentina se descontrolou depois que Rebic aproveitou a "assistência" de seu goleiro para estufar a rede e fazer 1 a 0 aos oito minutos do segundo tempo. Messi até tentou fazer a mágica de enfileirar cinco ou seis marcadores na entrada da área para resolver sozinho, algo corriqueiro no Barcelona, mas não teve sucesso nem quando Subasic deu rebote em um chute de Meza. A zaga cortou...

Sampaoli apostou em Higuaín, Pavón e até Dybala, até então esquecido. Mas se nem Messi estava resolvendo... O maduro time da Croácia passou a ter ainda mais facilidade para neutralizar os avanços argentinos e trocar passes em progressão. O resultado não poderia ser diferente: Modric teve a ótima atuação coroada por um golaço de fora da área aos 35.

A partir daí, virou pelada. Otamendi poderia ter sido expulso após chutar a bola sobre Rakitic em um lance parado, mas o árbitro teve a piedade de mostrar apenas o amarelo. Os croatas não tiveram o mesmo sentimento e ainda marcaram mais um, com o próprio Rakitic.

FICHA TÉCNICA
ARGENTINA 0 x 3 CROÁCIA
Data/Horário: 21/6/2018, às 15h (de Brasília)
Local: Nizhny Novgorod Stadium (Nizhny Novgorod)
Árbitro: Ravshan Irmatov (UZB)
Assistentes: Abduxam Rasulov (UZB) e Jakhongir Saidov (UZB)
Cartões amarelos: Mercado, Acuña, Otamendi (ARG); Rebic, Mandzukic, Vrsaljco (CRO)
Cartões vermelhos: -

Gols:
Rebic, aos 7'/2ºT (0-1); Modric, aos 35'/2ºT (0-2); Rakitic, aos 46'/2ºT (0-3)

ARGENTINA: Caballero, Mercado, Otamendi e Tagliafico; Salvio (Pavón - 11'/2ºT), Mascherano, Pérez (Dybala - 22'/2ºT), e Acuña; Messi, Meza e Aguero (Higuaín - 10'/1ºT). Técnico: Jorge Sampaoli.

CROÁCIA: Subasic, Vrsaljko, Lovren, Vida e Strinic; Rakitic, Brozovic e Modric; Perisic (Kovacic - 36'/2ºT), Rebic (Kramaric - 12'/2ºT) e Mandzukic (Corluka - 47'/2ºT). Técnico: Zlatko Dalic.