Portugal e Espanha disputam o primeiro clássico da Copa do Mundo na Rússia, às 15h desta sexta


Nesta sexta (15), Portugal x Espanha fazem o primeiro clássico da Copa do Mundo na Rússia. A partida será às 15h (de Brasília), em Sochi. O jogo terá transmissão da Rede Globo, do SporTV e do FOX Sports. A Gazeta do Povo acompanha o duelo em tempo real.

Cristiano Ronaldo, 33, tem possivelmente sua última chance de conquistar o único título relevante que lhe falta. Considerada a freguesia de sua seleção para o adversário, o caos que se transformou a seleção espanhola caiu do céu.

Na quarta (13), dois dias antes da partida, a Real Federação Espanhola demitiu o técnico Julen Lopetegui por ter acertado contrato, sem avisar os dirigentes, para ser técnico do Real Madrid após a Copa.

O diretor de seleções Fernando Hierro foi escolhido para substituí-lo. O caso tumultuou o ambiente da equipe que é considerada uma das favoritas ao título. Portugal é uma das possíveis zebras, apesar de ter um atacante cinco vezes melhor do mundo.

Palpite – Espanha
Os dois últimos campeões europeus fazem o grande jogo desta 1ª rodada. Cristiano Ronaldo chegou às últimas duas Copas como a grande esperança de Portugal, mas a seleção não foi muito longe. No Brasil, em 2014, não passou nem da primeira fase. Essa será, provavelmente, o último Mundial do CR7 em nível máximo. Em 2022, ele já terá 37 anos. Porém, a Espanha é uma das grandes favoritas ao título e tem um conjunto melhor do que os lusos. Teremos vitória espanhola. Placar: 0 x 2.

Fique de olho: Ramos x Ronaldo
Companheiros no Real Madrid, Sergio Ramos e Cristiano Ronaldo estão em lados opostos no jogão entre os ibéricos. O defensor espanhol e o atacante português passam por momentos distintos após a conquista de mais uma Liga dos Campões. Enquanto Ramos enfrenta uma chuva de críticas por ter lesionado o egípcio Mohamed Salah, Ronaldo vive o auge da carreira aos 33 anos – forte candidato a conquistar mais um prêmio de melhor do mundo. No um contra um, será que o capitão da Fúria para CR7?

PORTUGAL
São dois anos desde a grande conquista de Portugal da Euro 2016. Não parece um longo período para quem pensa na sequência natural de um time campeão, mas muita coisa aconteceu. Além do envelhecimento de alguns setores, como a defesa, o momento de outras peças chama atenção, fora o surgimento de novas alternativas para o ataque. Não será surpresa se Fernando Santos utilizar escalações com diferentes estratégias durante a fase de grupos. Se o elenco do meio para frente reúne bem mais qualidade, a defesa vive um momento preocupante.

Rui Patrício; R.Guerreiro, Bruno Alves, Pepe e Cedric; João Mário, W.Carvalho, João Moutinho e Bernardo Silva; C.Ronaldo e André Silva. (Técnico: Fernando Santos)

Fique de olho nele: melhor jogador do mundo pela quinta vez, Cristiano Ronaldo chega para a Copa da Rússia com o gosto amargo de 2014, quando veio lesionado ao Brasil e participou daquela equipe eliminada na fase de grupos. Em situação oposta, em 2018 vive grande fase no Real Madrid e é, mais uma vez, a esperança de título de Portugal.


ESPANHA
Julen Lopetegui conseguiu resgatar a confiança de um dos elencos mais técnicos do planeta. E promove uma renovação como sequência de seu excelente trabalho no Europeu Sub-21 de 2013, quando montou um time que funcionou extremamente bem com Koke, Thiago e Isco no meio. Os três são opções importantes para 2018, ainda que apenas Isco seja titular absoluto, até pelo que o treinador já mostrou ser capaz de extrair do jogador.

De Gea; J.Alba, S.Ramos, Piqué e Carvajal; Iniesta, Busquet, Koke; Isco, D.Silva; e Diego Costa. (Técnico: Fernando Hierro) 

Fique de olho nele: Busquets representa o equilíbrio para estabelecer o time no campo de ataque. E não falta controle quando se tem tantas opções de meio-campistas.

Comentários