Americano e Carapebus abrem Taça Corcovado com confronto regional neste sábado


O título da Taça Santos Dumont já faz parte do passado e o Americano segue olhando para o próximo objetivo. Neste sábado, dia 14 de julho, o Alvinegro recebe o Carapebus, às 15 horas, no Estádio Ângelo de Carvalho, em Campos dos Goytacazes, na estreia da Taça Corcovado, buscando não só a décima vitória consecutiva, mas a continuar somando pontos, que darão vantagem na semifinal geral da Série B1 do Campeonato Estadual.

Apesar dos números favoráveis, e contra um adversário que teve apenas uma vitória no primeiro turno, o treinador Josué Teixeira pede cautela aos seus comandados.

- Será um jogo muito difícil. O Carapebus está descansado e teve tempo para organizar o time. Chegou treinador recentemente por lá e certamente ele aproveitou este intervalo entre um turno e outro para mudar a forma de sua equipe jogar - alertou o técnico alvinegro.

CARAPEBUS
Um ponto em nove jogos, último colocado do Grupo B da Taça Santos Dumont e da Classificação Geral da Série B1 do Campeonato Carioca. Para completar, os pontos da única vitória do Carapebus na competição, em uma partida contra o Serrano, na quarta rodada, quando o time venceu por 3 a 2, não foram contabilizados, já que o clube foi punido pelo TJD-RJ por escalação de jogadores irregulares.

Pela última rodada do primeiro turno da Série B1, o Carapebus recebeu o Itaboraí, no Estádio Ferreirão, neste sábado (30), porém, novamente, a equipe foi derrotada. Desta vez, pelo placar de 2 a 0. O treinador Mauro Rodrigues, que assumiu a equipe após a demissão de Samarone Oliveira, disse que as semanas de treinos entre os turnos serão cruciais para a recuperação do trabalho na equipe:

- A nossa situação na tabela é complicada. Fizemos a programação de termos uma vitória em casa, mas não conseguimos. Agora temos duas semanas de parada para reorganizar, ajustar a equipe e levantar a moral dos nossos jogadores para que a gente possa iniciar bem o segundo turno.

Americano x Carapebus
Árbitro: Wellington Mendonça de Mello
Assistentes: Anderson do Nascimento e Anderson Salgado Duque