Confronto regional entre São José e Paduano abre Quartona em Miracema, neste domingo


A cidade de Santo Antônio de Pádua vive a expectativa de, finalmente, voltar a receber um jogo de futebol profissional com torcida. A diretoria agiu cedo e, meses antes mesmo da divulgação da tabela da Quartona, já possuía em mãos os laudos técnicos liberando o Estádio Waldo Carneiro Xavier. A principal esperança do clube é justamente na volta para casa: o elenco é formado por alguns remanescentes de 2017, como Berrío e Clemente, somando forças com atletas com várias passagens recentes pelo Trovão, como Maurício Stronda e Marcelo Pano.

A estreia do Paduano na Série C do Campeonato Carioca será contra o São José, neste domingo (29/07), no Estádio Plínio Bastos Barros, às 15h.

MARCELO PANO - Já dá para dizer que é um dos jogadores mais identificados com o clube no retorno recente ao profissionalismo. O atacante vai para a terceira passagem no Paduano, sempre revezando entre o Trovão e o Jequié (BA). Desta vez, a equipe baiana disputou a elite local e Pano até balançou as redes em um jogo contra o Bahia. 

BRUNO - Lateral-direito de apenas 20 anos, chega credenciado após passagem pelo Tocantins, onde defendeu a equipe local, já entre os profissionais, com apenas 19. No entanto, não terá vida fácil, já que Berrío, titular no ano passado, é um dos principais concorrentes da posição.
DEPETRI - Argentino natural de Córdoba, o jogador de apenas 20 anos de idade se aventura em Pádua para tentar brilhar no último escalão do futebol do Rio de Janeiro. É meio-campista. Não é o único gringo do elenco, mas foi bastante utilizado nos amistosos de pré-temporada e nas competições regionais disputadas pelo Paduano.

BRUNO PEREIRA - Após apagar um incêndio em 2017, assumindo a equipe em meio a maus resultados, começou como auxiliar-técnico, virou interino e foi efetivado, chegando até a lutar pelo acesso no segundo turno da Quartona. O bom desempenho o credenciou a ser o escolhido pela diretoria para iniciar um trabalho, desta vez com mais tempo, sendo o treinador principal desde o começo da competição.

Time-base: Danilo; Berrío, Clemente, Maxi e Miquinho; Joca, Tiaguinho e Alessandro; Maurício Stronda, Marcelo Pano e Ruan.
SÃO JOSÉ
É mais um dos clubes que volta, após longa inatividade, ao futebol do Rio: cinco anos. Nesta temporada, o clube do Noroeste Fluminense vem de uma preparação extensa, apostando em um elenco de jogadores como sempre jovens, mas alguns deles com bom potencial e até alguma experiência na própria Quartona. Sobretudo entre a comissão técnica, há uma confiança de que o plantel possa representar bem a região e fazer um papel relevante na competição.

Na temporada passada, foi um dos principais destaques do Paduano, que fez campanha sólida na Quartona, mas não conseguiu o acesso. Agora no São José, ele é uma das principais esperanças do time. Dono de um jogo ágil, é franzino e consegue criar boas jogadas para escapar das defesas rivais e, por vezes, marcar ele mesmo os gols.


JOÃO PEDRO - Lateral-esquerdo que já mostrou qualidade na temporada passada, quando jogou pelo Paraíba do Sul. Já com passagem pelo futebol português, é um jogador com bom senso de posicionamento e domínio da posição, atuando como um digno marcador e uma ótima opção em lances ofensivos e de troca de passes no setor de ataque.

SÁVIO - Apenas 17 anos e um futuro inteiro pela frente. Assim é o garoto que joga como atacante e já ganha oportunidades no time titular. Embora ainda precise de amadurecimento, já é dono de boa qualidade com a bola dominada e pode ser uma importante válvula de escape para seus companheiros de setor ofensivo.

JORGE BUG - Acostumado a acompanhar o futebol do interior mineiro, viveu seu "batismo de fogo" em termos de Rio de Janeiro no ano passado, pelo Paraíba do Sul. E parece ter tirado lições positivas da experiência. Desta vez, comanda seu grupo já ciente das dificuldades que existem dentro e fora de campo na Quartona. Como um dos poucos treinadores que ficou no cargo até o fim no ano passado, já declarou publicamente seu otimismo no trabalho da equipe.

Time-base: Carlos Ruan; Marcos Vinicius, Popoco, Gustavo e João Pedro; Daniel, Cabrito e Cadin; Romarinho, Leonardo e Sávio.

São José x Paduano (Domingo - 15h)
Árbitro: Rogério Lucas dos Santos
Assistentes: Renato da Silva e Silva e Renato Xavier

Fonte: FutRio