Conhecimento mútuo entre Cano e Tigres aumenta tom de rivalidade da final

Americano e Tigres do Brasil decidem neste domingo (8) a Taça Santos Dumont em um confronto repleto de jogadores conhecidos. Não só pelas torcidas, mas também entre si. Afinal, inúmeros atletas dos dois lados foram companheiros em outros clubes. Ou então têm passagens pelo rival da decisão.

O duelo começa no banco de reservas. Mário Junior, treinador do Tigres do Brasil, foi auxiliar de Josué Teixeira no Duque de Caxias, em 2013. Time que tinha Marquinhos, hoje no Americano, e Charles Chad, centroavante da Fera da Baixada.

Charles Chad, aliás, foi companheiro de Luis Henrique, goleiro do Americano, no ano anterior. Ambos defenderam o Macaé, onde também atuava Valdir, treinado por Mário Junior no mesmo Duque em 2012. Na possível "Lei do Ex", o zagueiro Admilton defendeu o Tigres em 2017, mesmo ano em que Daniel Marins, hoje atacante da Fera da Baixada, foi titular absoluto no Americano. 

O mais conhecido entre todos é Diego Sales. Jogou no Tigres em 2017 e, no primeiro semestre deste ano, defendeu o Macaé, atuando com Admilton e Luan e sendo treinado por Josué Teixeira. É apontado por muitos como o principal meio-campista da competição até aqui.

- Conheço bem o Tigres. São jogadores muito experientes. O Diego Sales vem fazendo um grande campeonato. O ataque é muito bom, o Charles Chad é um grande jogador. O Allan Miguel também vem muito bem na zaga. É um grande time, com jogadores muito bons, mas possuímos uma grande equipe e temos condições de vencer - analisou Admilton.

Respeito e admiração também pelo lado do Tigres do Brasil
O citado Diego Sales manteve o tom cordial ao comentar os reencontros que acontecerão no Ângelo de Carvalho no próximo domingo. O camisa 10 da equipe da Baixada Fluminense, neste ano, como já abordado, foi titular com Josué Teixeira na elite do campeonato estadual do Rio de Janeiro, no Macaé. Os laços de amizade, segundo Diego, permanecem apesar da distância.

- O Josué por onde passou foi vitorioso. Mas não vai dessa vez de novo (risos). A gente se fala, é um grande amigo meu. Eu tenho certeza que nós do Tigres vamos fazer por onde. Tomara que seja um grande espetáculo lá. Que vença o melhor - falou, completando o comentário sobre o time contrário.

- A equipe do Americano tem um comandante muito qualificado. Estava com ele agora no Estadual, no Macaé. Conheço vários jogadores, já joguei lá, conheço a força que tem o Americano. Como falei antes, nosso time trabalha muito. Deus não colocou a gente aqui à toa. A gente vai até o final e tenho certeza que vamos jogar lá para vencer - encerrou.

Americano e Tigres jogam neste domingo (8), às 15h, no Estádio Ângelo de Carvalho, em Campos dos Goytacazes. 

Fonte: FutRio.

Comentários