Dida admite problemas no primeiro turno, mas quer Casimiro reerguido

Mesmo com dez pontos no primeiro turno da Série B2 do Campeonato Carioca, o Casimiro de Abreu passou por momentos de turbulência, aonde chegou a trocar de treinador duas vezes. Um dos mais experientes da equipe, o goleiro Dida revelou que a equipe quase não viajou para enfrentar o São Cristóvão e espera uma volta por cima do CAEC no returno.

– Tivemos alguns momentos conturbados. Não sabíamos se iríamos viajar ou não para o último jogo. Temos que tentar juntar os cacos que sobraram, se reerguer para no segundo turno brigarmos na parte de cima da tabela e buscarmos o acesso – disse o atleta.

Dida lamentou muito a saída do técnico Leandro Melino, que já estava há um ano e meio no clube, mas elogiou muito Guilherme Macedo, que já comandou a equipe contra o São Cristóvão e será o treinador no segundo turno:

– Vínhamos de um trabalho sólido com o Leandro, de mais de um ano e meio com a equipe. Infelizmente, ele passou por problemas particulares e não conseguiu dar prosseguimento a sua carreira. O Samarone Oliveira não quis seguir com a gente. Na própria cidade, conseguimos o Guilherme Macedo e ele conhece a equipe, vai dar prosseguimento de maneira correta no trabalho.

A estreia do Casimiro de Abreu no segundo turno da Série B2 do Campeonato Carioca será contra o Campos. A partida será no dia 12 de agosto, no Estádio Ubirajara Reis.

Fonte: FutRio