Flamengo sobra no segundo tempo, derrota o Sport e segue como líder

Flamengo x Sport
O Flamengo retribuiu o apoio de mais de 50 mil torcedores com uma atuação digna de líder do Brasileirão. A vitória por 4 a 1 diante do Sport mantém o time na primeira posição e dá confiança para a série de decisões que o Rubro-Negro terá em agosto. A Nação viu os gols de Réver, Paquetá, Everton Ribeiro e Uribe, além de ter saudado Vitinho, reforço do clube para a sequência da temporada.

ATAQUE DE 'CARA NOVA'
Maurício Barbieri mudou o ataque do Flamengo para enfrentar o Sport. Marlos voltou ao time após lesão e Uribe ganhou a vaga de Guerrero, que não vinha bem. E foi com os pontas - Marlos e Everton Ribeiro - que o time criou as melhores chances. O colombiano, com velocidade e dribles, fez sua melhor atuação desde que chegou à Gávea, em janeiro.
Flamengo x Sport
Everton Ribeiro, por sua vez, fez boas tabelas com Rodinei e Paquetá, e ainda finalizou com perigo ao gol de Magrão, assim como Cuéllar. O gol só foi sair em um escanteio, com Réver estufando a rede do Sport: 1 a 0.

WINCK ENTRA E MARCA
Raul Prata teve dificuldades para marcar Marlos, recebendo cartão amarelo logo no início. Desta forma, Claudinei Oliveira sacou o jogador ainda na primeira etapa e pôs Cláudio Winck. Além de ter lidado melhor com os avanços do colombiano, o lateral deu mais chegada ao Sport. O Fla seguiu tendo a bola, mas diminuiu a intensidade após o gol. O castigo veio no fim da primeira etapa.

Winck apareceu na área e, em vacilo de Diego Alves e da zaga, cabeceou para deixar o placar em 1 a 1.
Flamengo x Sport
ANOTOU A PLACA?
Na volta do intervalo, o time de Barbieri teve a "fome" que faltou após abrir o placar. Logo aos dois minutos, Paquetá colocou o Fla na frente, em jogada com a participação de Uribe. Pouco depois, a dupla Marlos e Everton Ribeiro voltou a funcionar. O colombiano arrancou e encontrou o camisa 7 na entrada da área. Um chutaço, no ângulo, fez o Maracanã explodir. Além da intensidade, a diferença técnica entre os times fez a diferença e se refletiu no placar.

Já embalado pelos gritos de "olé" da torcida. Uribe fechou o placar em chute de fora da área que Magrão aceitou. O gol coroou a atuação do camisa 20, que justificou a opção de Barbieri em o escalar como titular. Depois disso, foi só aguardar o apito final para comemorar mais uma vitória do líder do Brasileiro.
Flamengo x Sport
FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 4X1 SPORT
Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 29 de julho de 2018, às 16h
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Renda/Público: R$ 1.506.319,60 / 53.591 pagantes (58.817 presentes)

GOLS: Réver (1-0, 13'/1ºT), Cláudio Winck (1-1, 43'/1ºT), Lucas Paquetá (2-1, 2'/2ºT), Everton Ribeiro (3-1, 6'/2ºT) e Uribe (4-1, 17'/2ºT)

Cartão amarelo: Léo Duarte (FLA); Raul Prata (SPT)
Cartão vermelho: Não houve.

FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá, Diego (Guerrero, 28'/2ºT) e Everton Ribeiro (Geuvânio, 28'/2ºT); Marlos Moreno (Jean Lucas, 32'/2ºT) e Uribe - T: Maurício Barbieri.

SPORT: Magrão; Raul Prata (Cláudio Winck, 23'/1ºT), Ronaldo Alves, Léo Ortiz e Sander; Deivid (Ferreira, 31'/2ºT), Felipe Bastos, Gabriel e Michel Bastos (Carlos Henrique, 24'/2ºT); Marlone e Rafael Marques - T: Claudinei Oliveira.