Flamengo x São Paulo - Na volta do Brasileirão, líder recebe o terceiro colocado



Quem sentia falta do futebol de clubes durante a parada para a Copa do Mundo da Rússia terá a chance de matar a saudade nesta quarta-feira. Isso porque o Flamengo, líder do Brasileirão, recebe o São Paulo, às 21h45, no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 13ª rodada.

Atualmente, a equipe rubro-negra ocupa a primeira colocação da tabela com 27 pontos, quatro à frente do time tricolor. Os paulistas têm a mesma pontuação do Atlético Mineiro, que, porém, leva a melhor no número de vitórias- sete a seis. O G4, zona dos que avançam à fase de grupos da Libertadores de 2019, é completado pelo Internacional, com 22.

O MENGÃO
O técnico do Flamengo, Maurício Barbieri, viu a equipe perder três importantes peças durante a intertemporada. Vinicius Junior foi para o Real Madrid, Felipe Vizeu se apresentou à Udinese, da Itália, e Jonas acertou com o Al-Ittihad, da Arábia Saudita. Por outro lado, recebeu a chegada do atacante colombiano Fernando Uribe. Para esta partida, o treinador não terá o suspenso Henrique Dourado e ainda não sabe se poderá contar com o também atacante Paolo Guerrero.

“Jogo difícil, complicado. São Paulo tem jogadores experientes, mas a gente se preparou bem. Procuramos trabalhar alternativas de jogo, variações, pensando não só nesse jogo como no restante da competição. O Flamengo chega bem preparado. A gente conta bastante com o apoio da torcida, espera que o torcedor nos apoie do início ao fim. Com o apoio deles a gente sabe que é muito mais forte como equipe”, disse o comandante rubro-negro.

O TRICOLOR DO MORUMBI
O São Paulo perdeu seis atletas neste meio de ano. A principal saída foi do atacante Marcos Guilherme, agora no Al-Wehda, da Arábia Saudita. Também deixaram o Morumbi o meia Valdívia, que foi para o saudita Al-Ittihad; o meia Cueva, vendido ao russo Krasnodar; o volante Petros, comprado por árabes, do Al-Nassr; e os laterais Júnior Tavares, emprestado à Sampdoria, da Itália; e Bruno, ao Bahia. Os reforços foram o lateral-direito Bruno Peres, vindo da Roma, da Itália, e o atacante Joao Rojas, que estava no Talleres, da Argentina. Para o duelo, Rodrigo Caio, que se recupera de lesão, e Lucas Fernandes, suspenso, não estão à disposição do técnico Diego Aguirre. Por outro lado, o atacante uruguaio Gonzalo Carneiro está recuperado de lesão e será uma opção.

"A parada para a Copa foi muito proveitosa. Tivemos algumas baixas. Algumas previstas. Os jogadores que trouxemos estão no auge de suas carreiras, mas ainda assim têm muito a crescer e contribuir no São Paulo", analisou o executivo de futebol do clube, Raí.