Goytacaz se reapresenta com 25 atletas, visando a Copa Rio 2018


O elenco do Goytacaz se reapresentou na tarde desta terça-feira (10/07), visando a disputa da Copa Rio no segundo semestre. A reapresentação dos atletas e membros da comissão técnica aconteceu foi dividida em duas partes. Na primeira, o grupo passou por avaliações fisiológicas. Em seguida, o técnico Paulo Henrique comandou uma atividade física no gramado do Aryzão.

A principal novidade do grupo é o atacante Diniz, que defendeu o próprio Goyta, em 2016, e estava no Palmas-TO.

Depois de uma rápida passagem pelo Madureira, por empréstimo, Luquinha retorna ao Goytacaz confiante. “Volto focado nessa Copa Rio. Alguns jogadores chegaram para ajudar a gente. Ganhei uma experiência no Madureira, foi importante, e voltei para ajudar o Goytacaz a ser campeão da Copa Rio”, disse o atacante.


Para o técnico Paulo Henrique, Luquinha é considerado um talismã. “Quando eu cheguei ao Goytacaz, só tinha dois jogadores (Luquinha e Gabriel Leite) e nós conseguimos fazer a equipe. Sem ídolo. Como eu disse, o ídolo era Paulo Henrique, porque eu fui jogador de Seleção Brasileira em Copa do Mundo, capitão no Flamengo por oito anos, campeão em todas as categorias do Flamengo. Não posso mentir para mim. Então, nós não tínhamos um ídolo (em campo), mas tínhamos um grupo. E criei um ídolo do Goytacaz, o talismã, que é o Luquinha. Ele é o talismã do Paulo Henrique”, falou o treinador.

Ao todo foram apresentados 25 atletas profissionais. O clube ainda está em conversas adiantas com uma empresa do exterior para trazer pelo menos quatro novos jogadores de fora do Brasil para reforçar a equipe a partir de agosto.

Além de Luquinha, também retornaram ao Goyta os atletas Paulo Henrique (goleiro), Rerysson (goleiro), Cleiton (zagueiro), Tenente (lateral-direito), Almir (lateral-esquerdo), Jefinho (volante) e Anderson Canhoto (atacante). O jovem volante Gabriel Leite, que chegou a disputar algumas partidas pelo time sub-20, foi novamente promovido. Já Diniz confirmou sua volta ao Goyta e participou normalmente do primeiro treino.


— Tenho alguns remanescentes do time do ano passado, mais a garotada da equipe junior e alguns jogadores que vão chegar. Então, estou muito contente. A Copa Rio é curta. São dois jogos, um lá e o outro dentro de casa. E vai passando. Se passar sempre, vai até outubro, nas finais, que é aonde eu quero chegar — afirmou o treinador Paulo Henrique.

Confiante e cheio de esperança, o comandante Paulo Henrique falou sobre a expectativa até o final do ano. “(A Copa Rio) é um campeonato curto. São dois jogos de mata-mata (ida e volta) e vai passando até outubro. Esperamos chegar até as finais.” – Disse.

Perguntado se já há uma formação decidida, o comandante afirmou que está em fase de testes. “O treinador tem essa ideia (de time), mas é no dia a dia que iremos decidir e como os jogadores irão se apresentar nos treinamentos.” - Finalizou.

O campeão do torneio terá o direito de escolher uma vaga na Copa do Brasil ou na Série D do Campeonato Brasileiro, enquanto o vice-campeão ficará com a vaga restante. Para o presidente do Goytacaz, Dartagnan Fernandes, retornar ao cenário nacional é um dos objetivos:


— O Goytacaz está se reapresentando hoje, mas ainda falta gente para chegar. Acho que, no máximo até sexta-feira, devem chegar em torno de quatro jogadores. A gente tem que fazer uma equipe forte. O Goytacaz vai entrar para chegar entre os dois primeiros colocados, que é o principal objetivo. Não adianta entrar só para rever jogador. A questão é disputar para ganhar a Copa Rio, e o Goytacaz vem forte —, disse.



Um dos novos contratados, o atacante Luquinhas falou a expectativa da volta ao Goytacaz. “Estou focado em ajudar o clube agora nessa Copa Rio e agora junto também com os novos reforços conseguir ir bem nesse campeonato.”


Já o presidente do Goyta, Dartagnan Fernandes, falou à imprensa que o clube ainda vai apresentar novos reforços até o final da semana. “Estamos se reapresentando e acho que no máximo até sexta-feira quatro novos jogadores para nós fazermos uma equipe forte. O Goytacaz vai brigar entre os dois primeiros colocados, vamos lutar para ganhar a Copa Rio.” O dirigente ainda informou que o clube negocia com atletas de camarões, mas o negócio depende da documentação, já que são atletas vindos do exterior e isso pode dificultar o acerto.

Entre os atletas que ainda podem ser contratados, Dartagnan revelou que há dois nigerianos e um iraniano. Os nomes não foram divulgados. Os reforços viriam sem custos, em parceria com uma empresa internacional. A maior dificuldade está na liberação dos documentos a tempo de inscrever o trio. A estreia do Goyta na Copa Rio será no dia 08 de agosto, às 15h, fora de casa, contra o vencedor de Perolas Negras x Itaboraí.

Fonte: NF Notícias e Folha da Manhã
Fotos: GF Esporte