Grêmio e Flamengo duelam pelo jogo de ida das quartas da Copa do Brasil


Um clássico que colocará frente a frente duas das melhores equipes do futebol brasileiro na atualidade. Assim pode ser definido o confronto entre Grêmio e Flamengo, que se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS), pelo choque de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

Embalado pela vitória de 4 a 1 sobre o Sport, o Rubro-Negro segue na liderança do Campeonato Brasileiro. Já o Tricolor gaúcho, que também faz boa campanha apesar do empate por 1 a 1 com a Chapecoense fora de casa, é o atual campeão da Copa Libertadores e muito forte no quesito “time copeiro”.

Renato Gaúcho, treinador do Grêmio, entende que o desgaste dos times é um fator importante e que pode pesar nesta Copa do Brasil. “Existe realmente o desgaste, pois são muitas decisões pela frente, principalmente dos times envolvidos na Copa do Brasil, na Libertadores e no Brasileiro. Mas temos que olhar para a frente e lutar por um grande resultado em casa contra o Flamengo, o que é muito importante neste tipo de disputa”, destacou.

Maurício Barbieri, comandante do Flamengo, segue a mesma linha de raciocínio. “Vai ser mais uma decisão e o fator físico logicamente que é uma preocupação. A sequência é difícil, o próprio Renato frisou que os jogadores não são robôs. Pensamos do mesmo jeito. Temos que conseguir o equilíbrio neste jogo para superarmos isso”.

Os jogadores gremistas entendem que será preciso pressionar. “Jogando em casa precisamos de um resultado positivo contra o Flamengo, pois a partida de volta será no Rio de Janeiro e ainda mais complicado jogar lá”, disse o zagueiro Pedro Geromel.

Mas a pressão gremista parece não assustar tanto os flamenguistas. “Respeitamos o Grêmio, que é muito forte neste tipo de competição e sabemos que serão dois jogos muito complicados. Vamos ter que segurar o Grêmio no Sul. Mas, eles também têm que segurar o Flamengo. São duas grandes equipes. Há muito trabalho dos dois lados. Vai ser um grande jogo, não tenho dúvidas disso, uma disputa sadia”, pontuou Barbieri.

Em termos de escalação o Grêmio terá força máxima. Isso porque os laterais Léo Moura e Cortez, poupados contra a Chapecoense por conta de desgaste muscular, estão à disposição, assim como Everton, recuperado de uma conjuntivite. A única dúvida de Renato Gaúcho está no ataque, onde André e Jael disputam posição.

Já o Flamengo não terá o atacante Paolo Guerrero, vetado com dores na parte posterior da coxa esquerda. Assim, o colombiano Fernando Uribe segue no posto. A grande atração é o atacante Vitinho, contratado junto ao CSKA e que vai ser relacionado, ficando no banco de reservas.

Na fase anterior o Flamengo eliminou a Ponte Preta ganhando fora de casa por 1 a 0 e depois administrando um sonolento empate sem gols. Já os gremistas foram mais eficientes contra o Goiás, fazendo 2 a 0 no Centro-Oeste e ganhando por 3 a 1 no Rio Grande do Sul. O duelo de volta entre Flamengo e Grêmio está programado para o dia 15 de agosto e será realizado no Maracanã, no Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X FLAMENGO
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 1 de agosto de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro de Campo: Raphael Claus – FIFA/SP – Cursos CBF 2017/18
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho – FIFA/TA e Marcelo Carvalho Van Gasse – FIFA/TA
VAR: Rafael Traci – Cursos CBF 2017/18,  Alex Ang Ribeiro – Cursos CBF 2017/18 e Luiz Flavio de Oliveira – FIFA/TA

GRÊMIO: Marcelo Grohe, Léo Moura, Pedro Geromel, Walter Kannemann e Cortez; Maicon, Cícero, Ramiro, Luan e Everton; André (Jael)
Técnico: Renato Gaúcho

FLAMENGO: Diego Alves, Rodinei, Léo Duarte, Réver e Renê; Gustavo Cuéllar, Lucas Paquetá, Diego, Everton Ribeiro e Marlos Moreno; Fernando Uribe
Técnico: Maurício Barbieri

Comentários