Josué destaca recorde de oito vitórias seguidas e valoriza classificação

Mais do que os nove jogos de invencibilidade, o Americano está fazendo história na Série B1 do Estadual. Com a vitória por 2 a 0 sobre o Friburguense nesta quarta-feira (4), o time alcançou a incrível marca de oito triunfos consecutivos, um recorde na história da competição. A campanha, obviamente, rendeu a classificação para final da Taça Santos Dumont contra o Tigres do Brasil.

- É um recorde importante para o projeto que estamos montando no Americano. Não é só de resultados, mas também de reconstrução, para recuperar o clube. Só quem vive o dia-a-dia sabe a dificuldade, o que nós encontramos e o que a gente planeja deixar no futuro. Esse é o nosso objetivo. É uma vitória de todos os funcionários - disse o técnico Josué Teixeira em entrevista coletiva.

A fase é tão boa que, pelo terceiro jogo seguido, tudo foi resolvido no primeiro tempo, especialmente no começo das partidas. Contra Artsul, Barcelona e Friburguense, os três últimos adversários, o Americano já vencia o jogo antes dos 10 minutos. Em uma semifinal que a equipe já tinha a vantagem de jogar pelo empate, a situação para o rival ficou quase irreversível.

- Nos dá muita tranquilidade. Jogamos num campo irregular. Tendo a vantagem do empate e marcando com três minutos, aumenta a confiança e a forma de jogar. Mas tenho que valorizar muito o Friburguense e o trabalho do Cadão, com um belo time, jogadores jovens e rápidos, tem um grande futuro. E estavam desfalcados. Tivemos a felicidade de fazer o gol e manter a equipe posicionada - afirmou o treinador.

As atenções agora estão voltadas para a final da Taça Santos Dumont, domingo (8), contra o Tigres. Não há vantagem para ninguém: quem vencer leva a taça e o empate leva a disputa para os pênaltis. Josué Teixeira não planeja novidades. Pelo contrário: projeta dias de muito descanso.

- Como o Dimas (Viana, preparador físico) gosta de falar, é hora do "pijama-treino". Vamos dar uma recuperação boa para eles para ganhar intensidade para o jogo. O Marquinhos e o Vandinho sentiram o desgaste e preocupam. É uma sequência muito louca de trabalho. Mas vamos aproveitar os dias no CT para recuperar, com muita banheira de gelo, piscina e descanso.

Americano e Tigres jogam domingo (8), às 15h, no Estádio Ângelo de Carvalho, em Campos. 

Fonte: FutRio