Na altitude, Vasco estreia contra a LDU pela Sul-Americana


Após ficar na terceira posição do grupo 5 da Fase de Grupos da Libertadores, o Vasco se classificou para a Segunda Fase da Copa Sul-Americana. Nesta quarta-feira, os cruzmaltinos estreiam na competição contra a LDU-EQU, na altitude de Quito, às 19h30 (de Brasília).

O Vasco já atuou na altitude nesta temporada, quando foi goleado pelo Jorge Wilstermann-BOL, em Cochabamba, na Pré-Libertadores. Com o resultado, o confronto foi decidido nos pênaltis e o goleiro Martín Silva foi o herói da noite ao defender três cobranças. Os jogadores sabem da dificuldade em atuar nestas condições, mas mostraram confiança em um bom resultado.

“Viemos para cá dois dias antes do jogo, diferente do que aconteceu da outra vez que fomos jogar contra o Jorge Wilstermann. Acredito que isso será algo que ajudará bastante na nossa adaptação, na questão do ar. Treinaremos na altitude, passaremos por ela, então não tem muito que falar. Temos que chegar lá e nos entregar, como tem sido marca desse nosso time”, disse Thiago Galhardo.

O volante Andrey ressaltou que os vascaínos chegam motivados pela vitória no fim de semana sobre o Grêmio, quando atuaram boa parte do jogo com um jogador a menos.

“Vamos muito fortes para essa partida da LDU, principalmente porque vencemos o Grêmio, que é uma equipe qualificada e atual campeã da Libertadores. Estamos muito confiantes e tenho certeza que faremos um grande jogo”, declarou.

Andrey falou também sobre a sequência de jogos que o Vasco teve na última semana, quando entrou em campo três vezes. Mesmo assim, o volante destacou que o elenco está bem fisicamente e foi outro que lembrou da experiência contra o Jorge Wilstermann para saber como atuar na altitude.

“Estamos vindo de três jogos onde tivemos que nos esforçar bastante. Agora iremos encarar a altitude, mas acredito que estamos preparados fisicamente. Já jogamos esse ano na altitude contra o Jorge Wilstermann. O resultado não foi bom, mas serviu de aprendizado, de experiência. A bola costuma correr mais, nos cansamos mais rápido, então temos que saber o momento certo de atacar e segurar”, falou.

Em relação ao time que vai a campo, o técnico Jorginho poupou o zagueiro Breno, o volante Leandro Desábato e o meia Yago Pikachu. Com isso, o recém-chegado Oswaldo Henriquez deverá iniciar como titular ao lado de Ricardo Graça. No meio, Bruno Silva é o favorito para formar a dupla de volantes com Andrey. Já no setor de criação, Thiago Galhardo pode substituir Yago Pikachu.

Pelo lado da LDU, a equipe chega sem muito ritmo de jogo. Em três partidas que fez antes desta quarta-feira, os equatorianos empataram um e perderam outros dois no campeonato nacional. Além disso, vive uma carência no ataque, principalmente após a saída de Hernán Barcos para o Cruzeiro.

O nome mais conhecido da LDU é o volante Orejuela, que estava no Fluminense na temporada passada. O jogador está emprestado pelo Tricolor ao clube equatoriano.

FICHA TÉCNICA:
LDU-EQU X VASCO-BRA
Local: Estádio Casablanca, em Quito (Equador)
Data: 25 de julho de 2018, quarta-feira
Hora: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Juan Soto (VEN)
Assistentes: Elbis Gomez (VEN) e Lubin Torrealba (VEN)

LDU: Gabbarini, Quintero, Guerra, Salaberry e Chalá; Vega, Orejuela, Anderson Julio, Johan Julio e Guerrero; Anangonó
Técnico: Paulo Repetto

VASCO: Martín Silva, Luiz Gustavo, Ricardo Graça, Oswaldo Henriquez e Henrique; Bruno Silva, Andrey, Thiago Galhardo, Wagner e Giovanni Augusto; Andrés Rios
Técnico: Jorginho