Rio de Janeiro fica com o título do Brasileiro de Seleções de vôlei, com supervisor campista

No início da tarde deste domingo (22/07) o campista, Anibal Wagner, supervisor da seleção carioca de vôlei sub-17, conquistou o título de campeão do Campeonato Brasileiro de Seleções da modalidade, que ocorreu na Arena Olímpica na cidade de São Sebastião do Paraíso, Minas Gerais. A decisão foi contra a equipe de São paulo, que até então estava invicta. Na final vitória da equipe do estado do Rio de Janeiro, por 3 a 2 (25 x 16/20 x 25/ 23 x 25/ 25 x 17/15 x13).

A equipe do Rio de Janeiro é a grande campeã da divisão especial sub-17 masculina do Campeonato Brasileiro de Seleções (CBS). A competição chegou ao fim após 36 jogos realizados em cinco dias de disputa na Arena Olímpica em São Sebastião do Paraíso (MG).

Na grande decisão o time do Rio de Janeiro levou a melhor sobre a seleção de São Paulo, invicta até então, por 3 sets a 2 (25/17, 20/25, 23/25, 25/22 e 15/13). O bronze ficou com o Paraná que bateu Santa Catarina em outra batalha de cinco sets (25/17, 25/23, 17/25, 24/26 e 16/14).

A quinta posição foi para a equipe anfitriã, Minas Gerais, que venceu o Rio Grande do Sul por 2 sets a 0 (25/21 e 25/16). Mato Grosso do Sul terminou em sétimo com a vitória sobre Mato Grosso por 2 sets a 0 (25/23 e 25/20), no entanto, as duas equipes foram rebaixadas para a primeira divisão em 2019.

CLASSIFICAÇÃO FINAL
1º Rio de Janeiro
2º São Paulo
3º Paraná
4º Santa Catarina
5º Minas Gerais
6º Rio Grande do Sul
7º Mato Grosso do Sul
8º Mato Grosso

GRUPO ÚNICO: Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso

CBS sub-17 masculino Divisão Especial 2018

TABELA

PRIMEIRA RODADA – QUARTA-FEIRA (18.07)
Jogo 01 – Rio de Janeiro 3x0 Mato Grosso (25/17, 25/12 e 25/18)
Jogo 02 – Rio Grande do Sul 0x3 São Paulo (23/25, 27/29 e 21/25)
Jogo 03 – Santa Catarina 0x3 Paraná (22/25, 22/25 e 19/25)
Jogo 04 – Minas Gerais 3x0 Mato Grosso do Sul (25/11, 25/23 e 25/10)
Jogo 05 – Rio Grande do Sul 2x1 Paraná (25/23, 14/25 e 25/17)
Jogo 06 – Santa Catarina 2x1 São Paulo (21/25, 26/24 e 25/18)
Jogo 07 – Minas Gerais 3x0 Mato Grosso (25/12, 25/8 e 25/18)
Jogo 08 – Rio de Janeiro 3x0 Mato Grosso do Sul (25/11, 25/7 e 25/14)

SEGUNDA RODADA – QUINTA-FEIRA (19.07)
Jogo 09 – Rio de Janeiro 2x1 Paraná (25/16, 25/16 e 24/26)
Jogo 10 – Rio Grande do Sul 2x1 Mato Grosso do Sul (25/23, 25/20 e 21/25)
Jogo 11 – Minas Gerais 1x2 São Paulo (25/21, 16/25 e 14/25)
Jogo 12 – Santa Catarina 3x0 Mato Grosso (25/13, 25/17 e 25/13)
Jogo 13 – Rio de Janeiro 1x2 São Paulo (22/25, 25/23 e 22/25)
Jogo 14 – Rio Grande do Sul 3x0 Mato Grosso (25/21, 25/19 e 25/14)
Jogo 15 – Santa Catarina 3x0 Mato Grosso do Sul (25/9, 25/16 e 25/18)
Jogo 16 – Minas Gerais 1x2 Paraná (23/25, 25/16 e 23/25)

TERCEIRA RODADA – SEXTA-FEIRA (20.07)
Jogo 17 – Rio de Janeiro 3x0 Minas Gerais (25/11, 25/16 e 25/23)
Jogo 18 – Rio Grande do Sul 1x2 Santa Catarina (22/25, 25/19 e 16/25)
Jogo 19 – São Paulo 3x0 Mato Grosso (25/19, 25/19 e 25/13)
Jogo 20 – Paraná 2x1 Mato Grosso do Sul (25/18, 24/26 e 25/18)
Jogo 21 – Rio de Janeiro 2x1 Santa Catarina (25/17, 25/15 e 20/25)
Jogo 22 – Rio Grande do Sul 0x3 Minas Gerais (15/25, 13/25 e 20/25)
Jogo 23 – São Paulo 3x0 Mato Grosso do Sul (25/17, 25/11 e 25/11)
Jogo 24 – Paraná 3x0 Mato Grosso (25/10, 25/21 e 25/15)

QUARTA RODADA – SÁBADO (21.07)
Jogo 25 – Rio de Janeiro 3x0 Rio Grande do Sul (25/20, 25/23 e 25/16)
Jogo 26 – Santa Catarina 2x1 Minas Gerais (25/19, 25/19 e 13/25)
Jogo 27 – São Paulo 2x1 Paraná (25/13, 25/14 e 22/25)
Jogo 28 – Mato Grosso do Sul 1x2 Mato Grosso (25/17, 16/25 e 24/26)

Semifinais
Jogo 29 – São Paulo 3x0 Santa Catarina (25/16, 25/21 e 25/14)
Jogo 30 – Rio de Janeiro 3x0 Paraná (25/14, 25/21 e 25/14)

Disputa de 5º a 8º
Jogo 31 – Minas Gerais 2x0 Mato Grosso do Sul (28/26 e 25/16)
Jogo 32 – Rio Grande do Sul 2x0 Mato Grosso (25/17 e 25/18)


QUINTA RODADA – DOMINGO (22.07)

Disputa de 7º lugar
Jogo 33 – Mato Grosso 0x2 Mato Grosso do Sul (23/25 e 20/25)

Disputa de 5º lugar
Jogo 34 – Rio Grande do Sul 0x2 Minas Gerais (21/25 e 16/25)

Disputa de 3º lugar
Jogo 35 – Santa Catarina 2x3 Paraná (17/25, 23/25, 25/17, 26/24 e 14/16)

Final
Jogo 36 – São Paulo 2x3 Rio de Janeiro (17/25, 25/20, 25/23, 22/25 e 13/15)


O Rio de Janeiro se sagrou bicampeão sub 17 masculino, com o Técnico Rodrigo Barreto; Auxiliar Marcos Munareto; Supervisor Anibal Wagner e os Atletas: Gabriel, Bieler, Darlan, Felipe Varela, 
Gabriel Borges, Vitor Ramos (cap), Lucas Fontanela, Felipe Sanches, Luis Felipe, Robert, Andrey
Caio e Ramom.

Comentários