Sampaio Correa enfrenta Tigres do Brasil, em busca da terceira vitória na Taça Corcovado


Com duas vitórias em dois jogos na Taça Corcovado, o Sampaio Corrêa quer provar que o primeiro turno foi um acidente de percurso e que lutar até o fim pelo acesso. E o próximo compromisso será diante do Tigres do Brasil, finalista da Taça Santos Dumont, mas que ainda não venceu no returno. Mesmo esperando um jogo difícil, o meia Maranhão - que marcou dois gols nos últimos dois jogos - afirmou que o Galinho da Serra vai procurar se impor, como vem fazendo. O próximo compromisso do Sampaio Corrêa é contra o Tigres do Brasil. O jogo será neste sábado (21), às 15h, no Estádio Lourival Gomes de Almeida.

- Nossa tônica será a mesma desses dois primeiros jogos que fizemos no segundo turno. Vamos manter a postura, pois se fizermos tudo o que o professor vem nos pedindo, vamos sair com o resultado positivo. Do outro lado tem jogadores de qualidade, vamos respeitar, mas temos convicção do que trabalhamos - ressaltou o jogador.

Como vem sendo comum nos jogadores do Sampaio Corrêa, Maranhão elogiou bastante a metodologia de trabalho do técnico Luciano Quadros, que assumiu a equipe depois do primeiro turno, e acredita que o returno será completamente diferente da Taça Santos Dumont. 

- O professor tem pedido uma proposta de jogo e pedido para a gente nunca desistir, pois uma hora a bola entra. Estamos nos postando bem em campo e temos que continuar assim. Esperamos fazer um segundo turno totalmente diferente do primeiro - finalizou.

TIGRES DO BRASIL
Se no primeiro turno o Tigres foi vice-campeão, o início de Taça Corcovado, por enquanto, é o pior possível. Depois de uma derrota por WO na estreia, o time perdeu a invencibilidade em casa ao ser goleado por 4 a 1 pelo Americano nesta quarta-feira (18). Suspenso, já que foi punido pelo TJD/RJ por ter sido expulso em um jogo na Santos Dumont, o técnico Mário Junior assistiu o jogo de um camarote no Estádio de Los Larios. No entanto, fez questão de assumir a responsabilidade.

- A derrota faz parte do futebol. Fizemos um bom primeiro tempo, sofremos o gol num pênalti até certo ponto infantil. No segundo, a gente acabou se expondo. O time dormiu, ficou disperso. Foi um dia para esquecer. A responsabilidade é minha, eu sou o treinador. A vitória é deles, a derrota é minha. Claro que algumas coisas a gente vai dividir com eles também, mas isso nós vamos buscar corrigir para o próximo jogo - disse Mário.

SAMPAIO CORRÊA F.E X E.C TIGRES DO BRASIL SAMPAIO CORREA 21/07/2018 15:00:00
Árbitro: FELIPE DA SILVA GONÇALVES
Árbitro Assistente N°1: RODRIGO DE SOUZA RODRIGUES
Árbitro Assistente N°2: VICTOR ANDRÉ BALBINO COSTA
4° Árbitro:* WASHINGTON FERNANDE MOREIRA DE OLIVEIRA
Assessor: ROBERTO CARLOS FAUSTINO DA SILVA