Serra Macaense estreia diante do Audax, querendo manter boa campanha


No primeiro turno da Série B1 do Campeonato Carioca, o Serra Macaense conseguiu somar 17 pontos e segue muito forte na luta por uma vaga na semifinal da competição, via classificação geral. Esperando uma Taça Corcovado de muitas dificuldades, o atacante Wandinho acredita em grandes jogos, pelo fato de as equipes estarem mais bem preparadas. A estreia do Serra Macaense na Taça Corcovado será neste sábado (14), às 15h, no Estádio Antônio Ferreira de Medeiros, contra o Audax. 

- Acho que vai haver mais dificuldades pelo fato dessa parada que teve, todas as equipes, assim como a nossa, fizeram uma auto-avaliação dos pontos positivos e negativos. Acredito que teremos grandes jogos e o equilíbrio vai ser muito grande. O campeonato está bem parelho, os dois grupos são fortes.

Wandinho ainda disse que na Taça Corcovado será preciso mais concentração, e se a equipe quiser lutar pelo acesso, não poderá perder pontos em casa.

- Com essa parada, demos uma ênfase nos trabalhos físicos, muito diálogo, pois sabemos que o segundo turno vai ser muito decisivo. Acompanhamos o quanto foi disputado o outro grupo. Por isso, nossa concentração tem que ser maior e não podemos perder pontos em casa - finalizou.

AUDAX
Em 2017, 15 gols e um dos maiores goleadores da Série B1 do Campeonato Carioca. Até agora neste ano, Gilcimar está zerado. Vivendo uma fase muito ruim, o momento do centroavante reflete no ataque como um todo do Audax, que fez 45 gols na Segundona da temporada passada, e até agora este ano só marcou sete, segundo pior a frente apenas do Serrano.

Porém, Gilcimar garantiu que o grupo está trabalhando para essa fase mudar, acredita que seus gols vão começar a sair, e mesmo admitindo seu momento ruim, usou o exemplo de Gabriel Jesus, que não marcou gols na Copa do Mundo pela Seleção Brasileira.

- Todo artilheiro passa por momentos onde não faz gols. Bate um desespero, mas temos que ter tranquilidade pra poder sair desse momento de escassez. É só ver a Copa. O Gabriel Jesus jogou pra caramba e não fez gols. Mas ajudou muito taticamente. E comigo não tem sido diferente. Tenho jogado até bem. Mas acredito que os gols vão sair. Estou trabalhando. Não só eu, mas toda equipe, já que fomos o segundo pior ataque do Primeiro Turno. Nós mesmos estamos nos cobrando muito - disse o jogador.

Serra Macaense x Audax Rio
Árbitro: Bruno Mota Correira
Assistentes: André Roberto Smith Silveira e Rachel de Mattos Bento

Comentários