Botafogo ameniza crise e joga Sport na zona de rebaixamento

O Botafogo quebrou a série de cinco jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro e derrotou o Sport por 2 a 0 na noite deste sábado, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela 21ª rodada da competição. Joel Carli e Rodrigo Aguirre, que fez seu primeiro tento pelo Glorioso, garantiram os gols que levaram o Alvinegro aos 25 pontos, mais distante da zona de rebaixamento. Pior para o Leão, que não ganha desde antes da Copa do Mundo, está há 11 jogos sem triunfo e agora entrou justamente da área da degola, estacionado nos 20 pontos.

A partida começou com as duas equipes tentando assumir o controle das ações, porém, ambas esbarravam na dificuldade de criação. A primeira oportunidade foi do Botafogo, aos cinco minutos, quando Luiz Fernando cruzou da esquerda e Igor Rabello, livre de marcação, cabeceou à esquerda de Magrão. O Sport respondeu três minutos depois, quando Rogério tentou cruzar e acertou o travessão. O goleiro do Sport conseguiu fazer uma grande defesa aos 12 minutos, em chute cruzado de Gilson, que terminou em rebote e com Ernando se antecipando a Brenner para evitar o gol.
Botafogo x Sport
A falta de qualidade dos meio-campos tornava a partida disputada, mas ruim tecnicamente. A proximidade da zona de rebaixamento fazia do ambiente nervoso. O Botafogo perdeu uma chance clara aos trinta minutos. Após rebatida da defesa a bola sobrou para Brenner, livre na área, matar no peito e chutar para um milagre de Magrão. No rebote, Joel Carli não conseguiu concluir. Aos 42 minutos o Botafogo voltou a assustar, quando Luiz Fernando fez jogada individual e chutou para fora.

Quem acreditava que o segundo tempo não poderia ser pior que a primeira etapa se enganou. Tanto que o primeiro lance de perigo após o intervalo foi aos 11 minutos, quando Leonardo Valencia, após jogada trabalhada no ataque, chutou de dentro da área e Magrão salvou os pernambucanos.

Mesmo sem estar em uma grande noite o Botafogo abriu o marcador aos 16 minutos. Após rápida cobrança de escanteio, Luiz Fernando pegou a defesa do Sport desatenta e cruzou para a cabeçada certeira de Joel Carli.

O lance fez o Sport se abrir e permitir espaços para os contra-ataques do Botafogo. Aos 26 minutos Brenner foi lançado livre, penetrou na área e chutou para Magrão salvar. Quatro minutos depois o arremate foi de Luiz Fernando, que acertou a trave do goleiro pernambucano.

Com a defesa do Botafogo fechada, o Sport tinha dificuldades de penetração e só voltou a levar perigo aos 32 minutos, em um chute de Michel Bastos sobre o gol. O Botafogo respondeu seis minutos depois ampliando o marcador. Jean roubou a bola no meio-de-campo e tabelou com Rodrigo Aguirre. O uruguaio recebeu na área e deslocou o goleiro.

Aguirre ainda teve uma chance de ampliar aos 47 minutos, quando recebeu passe de João Pedro na área e acabou chutando prensado com a defesa rival. Mas o tento não fez falta e o Botafogo garantiu o triunfo.

O Botafogo volta a campo no próximo sábado, às 16h(de Brasília), para visitar o Grêmio na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS). No mesmo horário, só que no domingo, na Ilha do Retiro, em Recife (PE), o Paraná visita o Sport.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO-RJ 2 X 0 SPORT-PE
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 25 de agosto de 2018 (Sábado)
Horário: 21h(de Brasília)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Ciro Chaban Junqueira (DF)
Renda: R$ 43.980,00
Público: 5.566 pagantes
Cartões amarelos: Dudu Cearense, Igor Rabello (Botafogo) e Deivid, Ronaldo Alves (Sport)
Gols: BOTAFOGO: Joel Carli aos 16 e Rodrigo Aguirre aos 38 minutos do 2º Tempo

BOTAFOGO: Diego Loureiro, Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Jean, Matheus Fernandes, Luiz Fernando (Rodrigo Pimpão) e Leonardo Valencia (João Pedro); Erik e Brenner (Rodrigo Aguirre)
Técnico: Zé Ricardo

SPORT: Magrão, Gabriel, Ronaldo Alves, Durval e Ernando; Deivid (Rafael Marques), Fellipe Bastos e Marlone (Michel Bastos); Moratto (Andrigo), Rogério e Hernane Brocador
Técnico: Eduardo Baptista