Vasco estreia Alberto Valentim na Arena da Baixada contra o Atlético-PR


Embalado e tentando aproveitar a sequência de jogos em casa, o Atlético Paranaense quer se afastar definitivamente da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e, para isso, precisa bater o Vasco da Gama, nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), na Arena da Baixada. A equipe carioca, por sua vez, quer aproveitar o jogo atrasado para dar um salto e entrar na metade superior da tabela de classificação na estreia de Alberto Valentim à beira do campo.

Finalmente fora da zonda do descenso após a vitória sobre o Grêmio no final de semana, o Furacão ainda conta com duas partidas atrasadas – esta e diante da Chapecoense, outro adversário direto – para consolidar sua recuperação iniciada após a parada para a Copa do Mundo e mostrar que ainda pode sonhar com algo mais na competição.

Para a partida, o técnico Tiago Nunes, tido como principal peça para a mudança de rumos do Rubro-Negro, terá que fazer pelo menos uma alteração na equipe, já que Nikão recebeu o terceiro cartão amarelo e cumpre suspensão automática. Na zaga, Thiago Heleno sentiu uma nova lesão no tornozelo e segue vetado pelo departamento médico atleticano.
Possível titular na vaga de Nikão, Bruno Nazário vem conquistando espaço e deve ter mais uma oportunidade. O atacante garante que o time vai entrar par impor seu ritmo, com a força da torcida, mas alerta que o adversário também tenta embalar. “A equipe do Vasco ganhou da Chapecoense e vai vir motivada. Mas nós também ganhamos e contamos com o apoio do torcedor, que é fundamental. O nosso elenco tem qualidade. Se eu for escolhido, tenho que me esforçar ao máximo”, avaliou.

Do lado do Vasco, Alberto Valentim, um dos principais personagens da noite, chegou ao Brasil na segunda-feira e seguiu diretamente para o Paraná para dirigir o time. Ele estava no futebol egípcio, em uma passagem relâmpago, e este ano conquistou o título carioca pelo Botafogo, justamente em uma decisão contra o Cruz-Maltino. Ele se mostra animado.

“Pelo que conheço do grupo do Vasco acredito que a nossa equipe possa estar melhor colocada na tabela de classificação, embora seja um grande desafio. Queremos fazer o time evoluir. Mas precisamos dar um passo de cada vez. Fico porém muito feliz com a oportunidade de dirigir o Vasco”, disse Valentim.

Sobre o jogo, os atletas vascaínos entendem que o time vai precisar jogar com muita personalidade. “O Vasco sabe que precisa somar pontos fora de casa para subir na tabela e começar a se aproximar de objetivos maiores. E para isso vamos ter que jogar de forma eficiente, com personalidade, tentando tomar o controle do jogo”, disse o meia Wagner.

Para este compromisso o Vasco perdeu o atacante argentino Maxi López, destaque contra a Chapecoense, que cumpre suspensão por acúmulo de cartões amarelos. O seu compatriota Andrés Ríos assume a vaga. O volante, também argentino Leandro Desábato, apesar de apresentar um quadro de desgaste muscular, se recuperou e vai a campo.
FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR X VASCO DA GAMA
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 29 de Agosto de 2018, quarta-feira
Horário: 19:30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo D’alonso Ferreira (SC)
Assistentes: Helton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

ATLÉTICO-PR: Santos; Jonathan, Zé Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Lucho González e Raphael Veiga; Marcinho, Bruno Nazário e Pablo.
Técnico: Tiago Nunes

VASCO: Martín Silva, Lenon, Luiz Gustavo, Bruno Silva e Henrique; Leandro Desábato, Yago Pikachu, Raul, Wágner e Andrey; Andrés Ríos
Técnico: Alberto Valentim