Campos: Jhonatan comemora artilharia no time


Em uma fase artilheira com a camisa do Campos, o volante, Jonathan Carneiro, comemora os gols e, principalmente, seqüência de jogos que tem realizado na temporada, após voltar de uma lesão sofrida na perna esquerda durante o primeiro trabalho na pré-temporada, que o deixou fora por  quase dois meses.

Jhonatan até o momento balançou as redes nove vezes – quatro gols na Copa Rio e cinco no Campeonato Carioca Série B2. “Fazer gol é sentimento de realização. Estou muito feliz por está podendo marcar e em contrapartida ajudar minha equipe com bons resultados. Irei buscar mais gols na reta final na competição”, comemorou.

Foi no Roxinho, em 2016, onde o artilheiro do time assinou seu primeiro contrato como jogador profissional. No mesmo ano levantou a taça do acesso à segunda divisão. No ano seguinte jogou a primeira fase do Campeonato Carioca. Posteriormente atuou na série B1 pelo Carapebus. E, este ano, retornou ao clube do Parque Leopoldina.

A transição de jogador de base para profissional tardou um pouco na carreira de Jhonatam, o que é clichê no futebol. Ele está nessa estatística. Foi profissionalizado com 23 anos, três anos depois de “estourar” idade e não poder mais jogar no time de juniores. O mesmo poderia ter desanimado, contudo, o sonho alimentou sua esperança de não desistir.

“A gente tem sonho de jogar, sempre tive isso comigo. Escutei, ainda ouço diversas palavras, todas na maioria desestimulante relacionadas à minha carreira, meu sonho: Larga isso; vai trabalhar; futebol não vai te dar nada; está perdendo tempo... entretanto, não retrocedi. Sigo focado. Temos que acreditar para conquistar”, finalizou.

A B2 está paralisada até o julgamento em segunda instância do Maricá pela suposta escalação de jogador irregular. Mas, os trabalhos no Ângelo de Carvalho estão sendo realizados diariamente. Com a volta da competição, o Campos duelará mais vez com Nova Cidade. Agora, pelas semifinais do segundo turno,confrontos que valem vaga na decisão. 

Texto: Rayra Gomes - Foto: Emerson Pereira

Comentários