Fase classificatória da Série C Estadual contou com 16 jogos terminando em WO

A fase classificatória da Série C do Campeonato Carioca chegou ao fim na última quinta-feira (6), com a vitória do Canto do Rio para cima do Cardoso Moreira, por 3 a 1. Foi o último dos 64 jogos da etapa de grupos. E como já é costume na última divisão estadual, o WO foi uma realidade constante, tendo sido o desfecho de 16 partidas até aqui.

Os motivos foram os mais variados: time que não pôde entrar em campo pela falta de atletas regularizados; equipe que simplesmente não compareceu ao compromisso agendado; teve também clube não apresentando os itens médicos exigidos, como UTI móvel ou um simples desfibrilador; falta de médico? Tem também; suspensão por dívida e exclusão definitiva fecham a lista que justifica tanto jogo sem bola rolando na Quartona.

O principal causador de WO foi o Arturzinho, agremiação que esteve no Grupo C, mas que não conseguiu regularizar atletas para entrar em campo. Até a terceira rodada, ficou suspenso. A partir da quarta, foi excluído de forma definitiva. Foram oito WO's, que resultaram em vitórias duplas para Canto do Rio, Campo Grande, Cardoso Moreira e CAAC Brasil.

A Chave C ainda contou com outro WO. O Cardoso Moreira não conseguiu inscrever atletas em tempo hábil para seu primeiro compromisso. Sendo assim, foi declarado perdedor diante do Campo Grande. Ou seja: dentro do grupo, nove dos 20 jogos previstos na fase classificatória (quase metade) sequer tiveram apito inicial. O Cardoso, por sinal, foi eliminado ficando três pontos atrás do Campo Grande. Duelo que fez falta para o time do Noroeste Fluminense.

Outros dados relevantes: a primeira rodada foi a que contou com maior número de WO's: quatro ao todo. A única jornada que não teve qualquer ocorrência do tipo foi a de número sete, que envolveu apenas os times dos Grupos A e C, ou seja, contaram somente com quatro jogos no total.

Equipes que venceram por WO:
- Campo Grande: três vezes.
- Canto do Rio, Cardoso Moreira e CAAC Brasil: duas vezes cada.
- Profute, Ação, EC Resende, Tomazinho, Independente, Paduano e Atlético Carioca: uma vez cada.

Equipes que perderam por WO:
- Arturzinho: oito vezes.
- Independente, São José e Búzios: duas vezes cada.
- Tomazinho e Cardoso Moreira: uma vez cada.

Jogos que terminaram em WO:

1ª rodada
Ação 3x0 Búzios - Búzios não regularizou atletas em tempo.
Tomazinho 0x3 Independente - Tomazinho não apresentou UTI móvel.
Arturzinho 0x3 CAAC Brasil - Arturzinho não regularizou atletas em tempo.
São José 0x3 Paduano - São José não compareceu ao local da partida.

2ª rodada
Campo Grande 3x0 Cardoso Moreira - Cardoso não regularizou atletas em tempo.

3ª rodada
Canto do Rio 3x0 Arturzinho - Arturzinho não regularizou atletas em tempo.

4ª rodada
Arturzinho 0x3 Cardoso Moreira - Arturzinho excluído da competição.
Independente 0x3 Tomazinho - Falta de médico e enfermeiro no local da partida.

5ª rodada
Campo Grande 3x0 Arturzinho - Arturzinho excluído da competição.

6ª rodada
CAAC Brasil 3x0 Arturzinho - Arturzinho excluído da competição.
Atlético Carioca 3x0 São José - São José suspenso por conta de dívidas junto a FERJ.
Independente 0x3 EC Resende - Independente não compareceu ao local da partida.

7ª rodada
A única sem WO.

8ª rodada
Arturzinho 0x3 Canto do Rio - Arturzinho excluído da competição.

9ª rodada
Búzios 0x3 Profute - Não comparecimento de médico e falta de desfibrilador na UTI móvel.
Cardoso Moreira 3x0 Arturzinho - Arturzinho excluído da competição.

10ª rodada
Arturzinho 0x3 Campo Grande - Arturzinho excluído da competição.

Fonte: FutRio

Comentários