Goytacaz se despede de Edalmo Nunes

O Goytacaz se despediu nesta quinta-feira de um dos mais importantes beneméritos de sua história. Aos 85 anos, o tabelião Edalmo Nunes de Souza foi sepultado no Cemitério do Caju. Ele estava internado na Santa Casa de Misericórdia por conta de uma pneumonia. Nos últimos dias, o quadro se agravou.

Desde a década de 1970, Edalmo ocupou vários cargos em diferentes administrações no clube.

“O Goytacaz chora a perda de um dos mais nobres beneméritos de sua história, sempre presente na vida do clube, independente de quem estivesse na presidência”, disse o presidente Dartagnan Fernandes.

O técnico Paulo Henrique lembrou que Edalmo foi o responsável direto pela sua volta ao clube. “Éramos amigos desde 1975. Agora ele exigiu a minha volta. Estou muito triste”, afirmou.

O clube decretou luto oficial de três dias. Nos jogos desta sexta-feira no Aryzão, pelo Estadual (sub 17 e sub 15), às 13h e 15h, será observado um minuto de silêncio.

Fonte: Folha da Manhã