Macaé estreia na Seletiva no dia 22 de dezembro contra o Resende fora de casa

Após a decisão de manter a Seletiva do Campeonato Carioca em 2019, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) divulgou na última quarta-feira (12), as datas dos jogos da primeira fase.

O Macaé Esporte, que no próximo ano só irá disputar competições estaduais, estreia na competição jogando contra o Resende fora de casa no dia 22 de dezembro.

Na segunda rodada, o Leão terá o mando de campo no duelo contra o Nova Iguaçu, que acontecerá no dia 29 de dezembro. Na terceira rodada ele enfrenta o campeão da Série B1 fora, no dia 6 de janeiro.

As duas últimas rodadas serão em casa, contra o segundo colocado da Série B, no dia 9 de janeiro, e o Goytacaz, no dia 13 de janeiro, respectivamente.

Essa é a segunda vez que o Alvianil Praiano irá disputar a fase preliminar da primeira divisão do Cariocão. Até então, o time havia terminado a competição em 9º lugar no geral com 12 pontos, cinco a mais do que o Voltaço.

No entanto, após a escalação irregular do lateral-esquerdo Lucas Gabriel durante a Taça Rio, segundo turno do campeonato, o time foi punido com a perda dos pontos mais multa de R$ 1 mil, o que resultou no “rebaixamento” para a Seletiva.

A denúncia foi feita pelo Volta Redonda, que até então tinha sido rebaixado, ao Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ). Por unanimidade dos votos, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol decidiu manter a decisão do TJD-RJ em punir o clube do norte fluminense pelo erro cometido.

Fora do Brasileirão depois de 10 anos
Em 10 anos, o Macaé viveu vários momentos no Campeonato Brasileiro. O maior deles, talvez o mais importante, foi quando a equipe foi campeã da Série C, em 2014, e garantiu o acesso inédito na Série B em 2015.

A equipe chegou a ter um bom início de temporada na segunda divisão, chegando a liderar a tabela no começo e se manteve na zona de acesso para a Série A por 10 rodadas. No entanto, depois disso o time foi caindo de rendimento e, como consequência, acabou entrando na zona de rebaixamento, retornando no final da competição para a Série C.

Na volta a terceira divisão o Leão não mostrou forças. Em 2016 lutou até o fim para não ser rebaixado e, por pouco, conseguiu se salvar. O mesmo não aconteceu em 2017, quando caiu para a Série D.

Esse ano, a equipe chegou a fazer um bom começo de temporada. Na primeira fase liderou o grupo e foi o único time carioca a avançar para a próxima etapa. Nas oitavas de final acabou sendo derrotado, e eliminado, pelo Novorizontino por 2 a 1, no primeiro jogo fora, e por 1 a 0, no segundo duelo em casa.

As chances de se manter na competição nacional dependeria da Copa Rio, mas o Alvianil Praiano foi eliminado pelo Audax-RJ nas quartas de final.