São Paulo testa poder de decisão de Aguirre contra o Fluminense


O líder do Campeonato Brasileiro estará sob teste nesse domingo, a partir das 16 horas (de Brasília), no Estádio do Morumbi. Diante de sua torcida, que comprou antecipadamente 42 mil ingressos, o São Paulo enfrentará o Fluminense, pela 22ª rodada no nacional.

O grande desafio dos paulistas é manter a postura e não deixar o Internacional encostar, apesar dos desfalques. Afinal, Diego Aguirre não poderá contar com Jucilei, Nenê e Everton, suspensos, e Arboleda por questões pessoais. Já Hudson, que passou a semana tratando de dores no joelho, voltou a treinar no sábado, foi relacionado, mas deve começar no banco.

Rodrigo Caio e Araruna, que vinham figurando entre os reservas, são mais duas opções a menos. Ambos estão em fase de transição e não treinaram com o grupo na última semana.

A boa notícia para o técnico uruguaio é que Liziero volta a ficar à disposição. Luan, titular contra o Ceará, deve receber nova chance, formando uma dupla de volantes oriunda das categorias de base do clube.

A tendência é que Reinaldo volte a atuar na ponta esquerda, com Edimar na lateral, como aconteceu no clássico com o Corinthians. Uma outra alternativa é fazer o mesmo pelo lado oposto, com Régis dando liberdade a Bruno Peres, repetindo os minutos finais do jogo com o Ceará. Everton Felipe corre por fora e Shaylon tem tudo para ser o substituto natural no meio de campo.

Independentemente do que Diego Aguirre decidir, o sentimento é de muita confiança no comandante, já que todas as apostas feitas até aqui corresponderam bem. Reinaldo marcou dois gols em cima do Corinthians, Bruno Peres deu a vitória ao time na última rodada e Shaylon foi às redes contra Bahia e Chapecoense.

“Às vezes as coisas dão certo, porque estamos vivendo uma fase positiva e também tem que ter um pouco de sorte. Não chamaria de improvisação, são ideias que talvez sejam um pouco diferentes, mas não fiz nada que não estava dentro do que planejava. Conversei com Reinaldo e Bruno Peres. Eu utilizei eles porque era a informação que eu tinha. Não foi uma improvisação, não coloquei o jogador fora do posto, não coloquei ninguém de goleiro. Faz parte da polivalência que os jogadores têm que ter e aproveitá-las”, explicou Aguirre.

No Tricolor Carioca há duas baixas importantes: o zagueiro Gum, suspenso por acúmulo de cartões amarelos, e o atacante Pedro, que sofreu uma lesão no ligamento do joelho direito na derrota para o Cruzeiro. Digão, que não pôde enfrentar a Raposa por conta de ter os direitos federativos ligados ao clube mineiro, entra na zaga, compondo o setor com Ibañez. Já no ataque, Kayke deve ser o escolhido.

“Com a semana para trabalhar, acho que podemos fazer um bom jogo contra o São Paulo e conquistar um resultado positivo, mesmo sabendo das dificuldades deste duelo”, resumiu o técnico Marcelo Oliveira.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X FLUMINENSE
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 2 de setembro de 2018 (Sábado)
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)
Assistentes: Helcio Araujo Neves (PA) e Heronildo Freitas da Silva (PA)

SÃO PAULO: Sidão; Bruno Peres, Anderson Martins, Bruno Alves e Edimar (Régis); Luan (Hudson), Liziero e Shaylon; Joao Rojas, Diego Souza e Reinaldo (Everton Felipe)
Técnico: Diego Aguirre

FLUMINENSE: Júlio César, Gilberto, Digão, Ibañez e Ayrton Lucas; Richard, Jadson, Dodi e Junior Sornoza; Matheus Alessandro e Kayke
Técnico: Marcelo Oliveira