Cabo Frio vai sediar terceira etapa do Aloha Spirit em novembro

Campeonato será realizado entre os dias 23 e 25, na Praia do Forte. Entre as modalidades estão Canoa Havaiana, Stand Up Paddle, Natação em águas abertas, Paddleboard, Surfski, Triathlon Waterman e Apneia, além da Beach Run, uma novidade que estreia em Cabo Frio

No mês de novembro Cabo Frio vai sediar o maior festival de esportes aquáticos da América Latina, o Aloha Spirit. Realizado pela primeira vez no ano de 2009, em Ilhabela (SP), a competição começou pequena, somente com canoas havaianas e reunindo apenas 60 atletas. Mas para esta terceira etapa do Campeonato Nacional, que acontece de 23 a 25 de novembro, já estão confirmados cerca de 750 nas modalidades de Canoa Havaiana, Stand Up Paddle, Natação em águas abertas, Paddleboard, Surfski, Triathlon Waterman e Apneia, além da Beach Run, uma novidade que estreia em Cabo Frio.
A exemplo de 2013 e 2017, o palco será, novamente, a Praia do Forte, considerada uma das 25 melhores do Brasil segundo pesquisa realizada, este ano, por um site de viagens. A chegada dos atletas na cidade está prevista para acontecer a partir do dia 22 de novembro. Mas alguns já estarão em Cabo Frio por conta do Sul Americano de Vaa, que acontece de 17 a 21 de novembro, também na Praia do Forte.

“Cabo Frio é um cenário perfeito para a competição tanto por suas belezas naturais, quanto pelo apoio dos atletas da região que comparecem em peso ao evento”, explicou João Castro, diretor da agência Ecooutdoor Sports Business, realizadora do Aloha Spirit.

Dividido em três etapas, o Aloha reúne grande número de atletas de várias partes do país. Em Cabo Frio estarão presentes representantes do Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Bahia, Minas Gerais, Distrito Federal, Santa Catarina, Pará, Sergipe, Paraná e Amazonas, além do Chile, Argentina e Uruguai.

“Mesmo não sendo um evento oficial, o Aloha Spirit se consolidou como o maior festival de esportes aquáticos do país, o maior da América Latina e um dos três maiores do mundo. Por isso, além de atletas amadores, sempre contamos, também, com a presença dos melhores do Brasil. Para esta terceira etapa, por exemplo, já temos confirmação de Patrick Winckler (paddleboard); Lena Guimarães e Luiz Guida ‘Animal’ (stand up paddle); Mauna Loa (Canoa OC6), Arthur Pedroza (natação) e também do Sebastián Cuattrin, primeiro canoísta brasileiro a participar dos Jogos Olímpicos (Barcelona 1992), tetracampeão pan-americano e 46 vezes campeão brasileiro em diferentes distâncias, que vai competir no surfski”, informou João.