Fla ignora "crise Diego Alves", goleia Paraná e segue na cola do Palmeiras

O Flamengo ignorou a rebeldia do goleiro Diego Alves – que foi barrado e se recusou a viajar com o elenco – e goleou neste domingo o lanterna Paraná por 4 a 0 – gols de Lucas Paquetá, Vitinho, Uribe e Henrique Dourado - no estádio Durival Britto, se mantendo na cola do Palmeiras, que também obteve os três pontos nesta rodada e segue como líder isolado do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Rubro-Negro foi a 58 pontos e continuou a quatro pontos dos paulistas, mas no próximo sábado pode diminuir a distância para apenas um, já que as equipes têm um confronto direito para estremecer o Maracanã.

O Paraná, por sua vez, está virtualmente rebaixado e enfrenta o Cruzeiro, também no sábado, em Minas Gerais.

Vitória do Fla sem dificuldades
O Flamengo não precisou fazer grandes esforços para construir sua vitória diante da fragilidade do Paraná. Mesmo não atuando de maneira empolgante no primeiro tempo, o Rubro-Negro já conseguiu ir para o intervalo na frente do placar. Na etapa final, o time de Dorival Júnior voltou mais organizado e ofensivo e foi confirmou sua supremacia principalmente pelos pés de Lucas Paquetá, Uribe e Vitinho.

Richard faz grande defesa
Aos 11, Renê fez bom cruzamento para Uribe, que cabeceou e obrigou o goleiro Richard a fazer uma linda defesa. Quase o gol do Flamengo!
Paquetá aproveita erro do Paraná e abre o placar
Aos 17, David errou na saída de jogo, Uribe roubou a bola e enfiou para Lucas Paquetá. O jovem invadiu a área pela esquerda e chutou cruzado, abrindo o placar para o Flamengo.

Quase Uribe alcança!
Aos 23, Vitinho fez belo cruzamento da esquerda para Uribe, mas atacante chega atrasado no carrinho e desperdiça boa chance.

Caneta linda de Paquetá
Aos 36, Paquetá dominou a bola na lateral e deu uma linda caneta no adversário, sendo parado por falta.

Paraná falha de novo e Fla aumenta
Logo aos 6 minutos do segundo tempo, a zaga do Paraná voltou a falhar e, após um bate e rebate na área, Vitinho aproveitou a sobra e fuzilou para ampliar para o Flamengo.

Vitinho dá bela assistência para gol de Uribe
O Flamengo queria mais e, aos 11, após contra-ataque fulminante Vitinho deu bela enfiada para Uribe, que deu um toque na saída do goleiro para fazer o 3 a 0.

César tranquilão
Efetivo ao time titular e alheio à rebeldia de Diego Alves, o goleiro César teve uma noite tranquila em Curitiba (PR), sendo pouco ameaçado pelo Paraná.
O melhor - Lucas Paquetá
Em suas últimas partidas pelo Flamengo, já que está vendo ao Milan (ITA) para 2019, Lucas Paquetá foi o nome do jogo, fazendo gol, dando caneta e levantando a torcida rubro-negra no Durival Britto.

Estreia de Dado
O técnico Dado Cavalcanti fez sua estreia pelo Paraná e também na Série A. Ele chegou para substituir Claudinei Oliveira, que se transferiu para a Chapecoense. O treinador disse antes do jogo ao Sportv que desejava dar mais ofensividade à equipe, mas não foi isso que se viu em campo, com o Tricolor tendo dificuldades de sair de seu campo de defesa.

Dorival demonstra firmeza
O técnico Dorival Júnior se mostrou convicto de suas ideias e manteve a equipe que havia vencido Corinthians e Fluminense. A opção foi boa, já que novamente o Flamengo se mostrou consistente e chegou a mais uma vitória.
Parana x Flamengo
Diego Alves é barrado e se recusa a viajar
Uma crise interna se instaurou no Flamengo antes da equipe enfrentar o Paraná. Após saber que estava barrado da equipe titular assim como o meia Diego, o goleiro Diego Alves se recusou a viajar para a capital paranaense e a atitude pegou muito mal no clube. O técnico Dorival Júnior, porém, preferiu tentar amenizar.

"Não tem problema nenhum. Diego é um grande profissional. Não é nesse sentido. Segunda-feira a gente resolve tudo isso", declarou ao Sportv.

Torcida do Fla em peso
A torcida do Flamengo esgotou os ingressos para o setor de visitantes e fez a festa na Vila Capanema:

PARANÁ 0 X 4 FLAMENGO
Estádio: Durival Britto, em Curitiba (PR)
Data-hora: 21 de outubro, às 19h
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil (Fifa/SC) e Neuza Ines Back (Fifa/SC)
Cartões amarelos: Jean Lucas (PAR)
Cartões vermelhos: Raphael Alemão (PAR)
Gols: Lucas Paquetá, aos 17 minutos do primeiro tempo (FLA); Vitinho, aos 6 minutos do segundo tempo (FLA); Uribe, aos 11 minutos do segundo tempo (FLA); Henrique Dourado, aos 45 minutos do segundo tempo (FLA)

Paraná
Richard; Junior, René (Raphael Alemão), Rayan e Igor; Jhonny Lucas, Alex Santana, Deivid (Jean Lucas) e Mansur; Silvinho (Leandro Vilela) e Grampola
Técnico: Dado Cavalcanti

Flamengo
César; Pará, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar, Willian Arão (Henrique Dourado), Lucas Paquetá e Everton Ribeiro (Diego); Vitinho (Geuvânio) e Uribe
Técnico: Dorival Júnior