Itaboraí relata ônibus quebrado e defecado por torcedores rivais em Cardoso Moreira

image
O Itaboraí usou uma rede social para denunciar os atos de vandalismo que sofreu na noite da última sexta-feira (06), quando a delegação chegou à cidade de Cardoso Moreira, local do segundo jogo da final da Copa Rio, contra o Americano. Segundo a publicação e as imagens, supostos torcedores adversários quebraram o para-choque do ônibus da ADI, riscaram ofensas ao time e ainda defecaram no veículo.

Ainda de acordo comunicado do clube na manhã deste sábado (06), os pertences dos jogadores por pouco não foram furtados. O crime só não aconteceu porque os próprios atletas chegaram no momento do ato, o que acarretou na fuga dos vândalos do local.

Esta não foi a primeira vez que um ônibus e a deleção do Itaboraí sofrem com problemas semelhantes. Há dois anos, vindo de um jogo contra o Campos, pela Segundona do Campeonato Carioca, os transportes dos jogadores e também dos torcedores do time do Leste Fluminense também foram depredados. Na ocasião, o presidente do clube, Júnior Cardozo, afirmou ter visto torcedores com a camisa do Americano e do Roxinho nos carros que atiravam as pedras.
image
A rivalidade entre Americano e Itaboraí começou na temporada de 2016, por conta de um áudio contendo uma suposta manipulação de resultados vinda do time do Norte-Fluminense contra a ADI. A denúncia foi feita, o campeonato paralisado e no fim o Cano excluído do certame, mesmo estando no Triangular do acesso. A Águia herdou justamente essa vaga, mas acabou sendo batida por Nova Iguaçu e Campos, permanecendo na Segundona.

Confira a publicação do Itaboraí na íntegra:
"Infelizmente na última noite após a nossa chegada à cidade de Cardoso Moreira vândalos travestidos de torcedores depredaram o ônibus de nossa delegação quebrando uma parte do para-choque do veículo , riscaram o ônibus com ofensas e defecaram dentro do mesmo. Felizmente atletas chegaram no momento em que o ônibus foi revirado impossibilitando o furto de alguns pertences. No momento em que mais membros da delegação e atletas chegaram ao local os "cagões" fugiram do local.

A Associação Desportiva Itaboraí lamenta o ocorrido, repudia qualquer manifestação semelhante e espera que novos episódios não se tornem frequente no futebol Carioca".

Fonte: FutRio

Comentários